Legalização e descriminalização do aborto no brasil: 10 anos de luta feminista Report as inadecuate




Legalização e descriminalização do aborto no brasil: 10 anos de luta feminista - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Revista Estudos Feministas 1992, 0 (0)

Author: Leila Linhares

Source: http://www.redalyc.org/


Teaser



Revista Estudos Feministas ISSN: 0104-026X ref@cfh.ufsc.br Universidade Federal de Santa Catarina Brasil Linhares, Leila Legalização e descriminalização do aborto no Brasil: 10 anos de luta feminista Revista Estudos Feministas, vol.
0, núm.
0, -, 1992, pp.
104-130 Universidade Federal de Santa Catarina Santa Catarina, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=38126508010 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Texto apresentado no Seminário Nacional Realidade do Aborto no Brasil, organizado pelos Grupos: — Coletivo Feminista Sexualidade e Saúde —ECOS Estudos e Comunicação em Sexualidade e Reprodução Humana —GELEDÉS Instituto da Mulher Negra, São Paulo, 1991. Este documento faz parte, também, do Projeto CEPIA Aborto: Um Debate Público, apoiado pela Fundação MERK. LEILA DE ANDRADE LINHARES BARSTED Legalização e descriminalização 10 anos de luta feminista 1.
Ver aesse respeito Halimi, Gisèle - la Cause des Femmes: Bernard Grasset, Paris, 1973. ANO 0 1 04 2 Q SEMESTRE A questão do aborto no Brasil surge no bojo de um movimento social cuja história se inicia no interior de uma sociedade marcada por uma ditadura militar extremamente repressora.
Já no contexto de sociedades capitalistas modernas e desenvolvidas, onde o feminismo com a proposta de alargar os horizontes democráticos, incorporando as mulheres ao ideário da igualdade, o direito ao aborto é conquistado com o reconhecimento do direito à autonomia individual ] e como contestação ao poder do Estado em legislar sobre questões da intimidade do indivíduo.
Ele se constitui na expressão mais radical da liberdade do cidadão perante o Estado. Em contraposição, no Brasil, na década de 70, não se tratava de a...





Related documents