Desenvolvimento sustentável e garimpo - o caso do garimpo do engenho podre em mariana, minas gerais Report as inadecuate




Desenvolvimento sustentável e garimpo - o caso do garimpo do engenho podre em mariana, minas gerais - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Hernani Mota de Lima ;Rem: Revista Escola de Minas 2009, 62 (2)

Author: Pedro Amade

Source: http://www.redalyc.org/


Teaser



Rem: Revista Escola de Minas ISSN: 0370-4467 editor@rem.com.br Escola de Minas Brasil Amade, Pedro; Lima, Hernani Mota de Desenvolvimento sustentável e garimpo - o caso do Garimpo do Engenho Podre em Mariana, Minas Gerais Rem: Revista Escola de Minas, vol.
62, núm.
2, abril-junio, 2009, pp.
237-242 Escola de Minas Ouro Preto, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=56416736016 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Pedro Amade et al. Mineração Desenvolvimento sustentável e garimpo - O caso do Garimpo do Engenho Podre em Mariana, Minas Gerais (Sustainable development and garimpo - The case of the Engenho Podre Garimpo in Mariana, Minas Gerais) Pedro Amade Universidade Federal de Ouro Preto - UFOP-PPGEM E-mail: pedroamade@yahoo.com.br Hernani Mota de Lima Universidade Federal de Ouro Preto - UFOP-DEMIN E-mail: hernani.lima@ufop.br Resumo Abstract Esse artigo avalia uma atividade garimpeira, garimpo de ouro do Engenho Podre, com base nos princípios de desenvolvimento sustentável.
Esse estudo partiu da hipótese de que a implementação de um sistema de gestão ambiental, compromisso assumido pela Cooperativa dos Garimpeiros de Mariana (COOPERGAMA), na assinatura de um termo de ajuste de conduta, associado a uma melhora no desempenho técnico operacional, é possível, sendo que tal atividade pode ser levada adiante de forma sustentável com foco no tripé ambiental, econômico e social.
Embora ainda marginal, do ponto de vista técnico, a COOPERGAMA adotou, durante o período de estudo, práticas ambientais e socio-econômicas em atendimento aos princípios de desenvolvimento sustentável. Entretanto aspectos administrativos, falta de investimentos e desorganização da cooperativa, entre...





Related documents