Aspectos fitossociológicos de fragmento de floresta estacional decidual, santa maria, rs Report as inadecuate




Aspectos fitossociológicos de fragmento de floresta estacional decidual, santa maria, rs - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Maristela Araujo Machado ; Mônica Kelling Brucker ; Juarez Hoppe Martins ; Ivanor Müller ; Geedre Adriano Borsoi ;Ciência Florestal 2000, 10 (2)

Author: Solon Longhi Jonas

Source: http://www.redalyc.org/


Teaser



Ciência Florestal ISSN: 0103-9954 cf@ccr.ufsm.br Universidade Federal de Santa Maria Brasil Longhi Jonas, Solon; Araujo Machado, Maristela; Kelling Brucker, Mônica; Hoppe Martins, Juarez; Müller, Ivanor; Borsoi, Geedre Adriano Aspectos fitossociológicos de fragmento de floresta estacional decidual, Santa Maria, RS Ciência Florestal, vol.
10, núm.
2, 2000, pp.
59-74 Universidade Federal de Santa Maria Santa Maria, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=53400205 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Ciência Florestal, Santa Maria, v.
10, n.
2, p.
59-74 ISSN 0103-9954 59 ASPECTOS FITOSSOCIOLÓGICOS DE FRAGMENTO DE FLORESTA ESTACIONAL DECIDUAL, SANTA MARIA, RS PHYTOSSOCIOLOGICAL ASPECTS OF FRAGMENT OF DECIDUAL SEASONAL FOREST, SANTA MARIA, RS Solon Jonas Longhi1 Maristela Machado Araujo2 Mônica Brucker Kelling3 Juarez Martins Hoppe4 Ivanor Müller5 Geedre Adriano Borsoi6 RESUMO Foi realizado estudo da vegetação em fragmento de floresta estacional decidual em processo de sucessão, em área da Associação Tabor (29o43’S; 53o47’W), no município de Santa Maria (RS), Brasil.
Utilizaram-se dezesseis unidades amostrais de 10 x 20 m distribuídas de forma sistemática para avaliação (medição e identificação) dos indivíduos com Circunferência à Altura do Peito (CAP) igual ou maior de 30 cm e subunidades circulares com raios de 1,78 m para identificação e contagem da regeneração (indivíduos menores de 30 cm).
Observou-se a ocorrência de 64 espécies arbóreas e arbustivas de 54 gêneros e 31 famílias.
As espécies com maior valor de importância foram Myrocarpus frondosus, Cupania vernalis, Ocotea puberula, Patagonula americana, Casearia sylvestris, Luehea divaricata, Entero...





Related documents