Comportamento fisiológico de sementes osmocondicionadas de platymiscium pubescens micheli (tamboril-da-mata) Report as inadecuate




Comportamento fisiológico de sementes osmocondicionadas de platymiscium pubescens micheli (tamboril-da-mata) - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Sonia Cristina J. Perez G. de A. ; Rita de Cassia Borges Gonçalves ; Sebastião Rezende Tavares de ; Silvana Garcia Ribeiro ;Revista Árvore 2002, 26 (5)

Author: Eduardo Borges Euclydes de Lima e

Source: http://www.redalyc.org/


Teaser



Revista Árvore ISSN: 0100-6762 r.arvore@ufv.br Universidade Federal de Viçosa Brasil Borges Euclydes de Lima e, Eduardo; Perez G.
de A., Sonia Cristina J.; Borges Gonçalves, Rita de Cassia; Rezende Tavares de, Sebastião; Garcia Ribeiro, Silvana Comportamento fisiológico de sementes osmocondicionadas de Platymiscium pubescens Micheli (tamboril-da-mata) Revista Árvore, vol.
26, núm.
5, setembro-outubro, 2002, pp.
603-613 Universidade Federal de Viçosa Viçosa, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=48826511 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto 603 Comportamento Fisiológico de Sementes Osmocondicionadas . COMPORTAMENTO FISIOLÓGICO DE SEMENTES OSMOCONDICIONADAS DE Platymiscium pubescens Micheli (TAMBORIL-DA-MATA)1 Eduardo Euclydes de Lima e Borges2, Sonia Cristina J.G.A.
Perez 4, Rita de Cassia Gonçalves Borges2, Sebastião Tavares de Rezende3 e Silvana Ribeiro Garcia5 RESUMO - O objetivo deste trabalho foi investigar alterações fisiológicas e bioquímicas em sementes osmocondicionadas de tamboril-da-mata (Platymiscium pubescens Micheli).
Foram analisados o crescimento do eixo embrionário, a germinação, as alterações na parede celular, a mobilização de carboidratos e proteínas e a atividade de α-galactosidase.
Observou-se que o teor de umidade das sementes da testemunha aumentou continuamente até 96 horas de embebição, enquanto as mantidas nas soluções de PEG estabilizaram-se a partir de 48 horas.
A germinação ocorreu somente nas sementes mantidas em água, alcançando 30% em 120 horas.
As sementes mantidas em solução-0,4 MPa de PEG por 120 horas tiveram 66% de germinação quando transferidas para água, sendo a maior em relação aos demais potenciais.
A massa f...





Related documents