Avaliação da disponibilidade do nitrogênio do solo estimada por métodos químicos Report as inadecuate




Avaliação da disponibilidade do nitrogênio do solo estimada por métodos químicos - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

F. A. O. CAMARGO ; E. REICHMANN ; M. J. TEDESCO ;Revista Brasileira de Ciência do Solo 2000, 24 1

Author: C. GIANELLO

Source: http://www.redalyc.org/


Teaser



Revista Brasileira de Ciência do Solo ISSN: 0100-0683 revista@sbcs.org.br Sociedade Brasileira de Ciência do Solo Brasil GIANELLO, C.; CAMARGO, F.
A.
O.; REICHMANN, E.; TEDESCO, M.
J. AVALIAÇÃO DA DISPONIBILIDADE DO NITROGÊNIO DO SOLO ESTIMADA POR MÉTODOS QUÍMICOS Revista Brasileira de Ciência do Solo, vol.
24, núm.
1, 2000, pp.
93-101 Sociedade Brasileira de Ciência do Solo Viçosa, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=180218272013 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto AVALIAÇÃO DA DISPONIBILIDADE DO NITROGÊNIO DO SOLO. 93 AVALIAÇÃO DA DISPONIBILIDADE DO NITROGÊNIO DO SOLO ESTIMADA POR MÉTODOS QUÍMICOS(1) C.
GIANELLO(2), F.
A.
O.
CAMARGO(2,3), E.
REICHMANN(3) & M.
J.
TEDESCO(4) RESUMO Com o objetivo de avaliar a disponibilidade de nitrogênio do solo para a aveia e o milho, realizou-se um experimento em microparcelas com vinte solos do Rio Grande do Sul.
As microparcelas foram constituídas por recipientes com 20 L de solo, com drenagem livre, mantidas em céu aberto e com irrigação quando necessária.
Foi determinado o N absorvido por plantas de aveia preta (Avena strigosa) e por três cultivos sucessivos de milho (Zea mays).
Foram determinados, inicialmente, os teores de N-total e de matéria orgânica dos solos.
Antes de cada cultivo, foram também determinados os teores extraíveis de N por KMnO4 0,05 mol L-1, tampão fosfato-borato e por KCl 2 mol L-1 às temperaturas de 100 e 95°C, durante 4 e 16 horas, respectivamente.
O N do solo extraído por KCl 2 mol L-1 a 95°C por 16 h apresentou os maiores coeficientes de correlação com o somatório do N acumulado pelas plantas nos quatro cultivos.
Os coeficientes de correlação entre o N extraído por todos os métod...





Related documents