Relações solo-superfície geomórfica em uma topossequência várzea-terra firme na região de humaitá am Report as inadecuate




Relações solo-superfície geomórfica em uma topossequência várzea-terra firme na região de humaitá am - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Mateus Rosas Ribeiro ; Valdomiro Severino de Souza Júnior ; Mateus Rosas Ribeiro Filho ; Maria da Conceição de Almeida ;Revista Brasileira de Ciência do Solo 2012, 36 2

Author: Milton César Costa Campos

Source: http://www.redalyc.org/


Teaser



Revista Brasileira de Ciência do Solo ISSN: 0100-0683 revista@sbcs.org.br Sociedade Brasileira de Ciência do Solo Brasil Costa Campos, Milton César; Rosas Ribeiro, Mateus; de Souza Júnior, Valdomiro Severino; Rosas Ribeiro Filho, Mateus; de Almeida, Maria da Conceição Relações solo-superfície geomórfica em uma topossequência várzea-terra firme na região de Humaitá (AM) Revista Brasileira de Ciência do Solo, vol.
36, núm.
2, marzo-abril, 2012, pp.
325-336 Sociedade Brasileira de Ciência do Solo Viçosa, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=180222641002 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Relações Solo-Superfície Geomórfica em uma Topossequência. 325 Comissão 1.2 - Levantamento e classificação do solo Relações Solo-Superfície Geomórfica em uma Topossequência Várzea-Terra Firme na Região de Humaitá (AM)(1) Milton César Costa Campos(2), Mateus Rosas Ribeiro(3), Valdomiro Severino de Souza Júnior(4), Mateus Rosas Ribeiro Filho(4) & Maria da Conceição de Almeida(5) RESUMO O conceito de superfície geomórfica permite uma interligação entre os diferentes ramos da ciência do solo, tais como geologia, geomorfologia e pedologia. O objetivo deste trabalho foi estudar as relações solo-superfície geomórfica em uma topossequência de 4.500 m na transição várzea-terra firme, na região de Humaitá (AM).
Do divisor de águas até a planície do rio Madeira, as superfícies geomórficas foram identificadas com base na ruptura do declive do terreno, em critérios estratigráficos e em outras observações de campo.
Foram abertas trincheiras nos segmentos mapeados da topossequência, os perfis de solos foram caracterizados morfologicamente e amostras fora...





Related documents