Fisioterapia ambulatorial na rede pública de saúde de campo grande ms, brasil na percepção dos usuários: resolutividade e barreiras Report as inadecuate




Fisioterapia ambulatorial na rede pública de saúde de campo grande ms, brasil na percepção dos usuários: resolutividade e barreiras - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Mara Lisiane de Moraes dos Santos ; Laís Alves de Souza Bonilha ;InterfaceComunicação, Saúde, Educação 2014, 18 48

Author: Mariana Antunes da Silva

Source: http://www.redalyc.org/


Teaser



Interface - Comunicação, Saúde, Educação ISSN: 1414-3283 intface@fmb.unesp.br Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho Brasil Antunes da Silva, Mariana; de Moraes dos Santos, Mara Lisiane; Alves de Souza Bonilha, Laís Fisioterapia ambulatorial na rede pública de saúde de Campo Grande (MS, Brasil) na percepção dos usuários: resolutividade e barreiras Interface - Comunicação, Saúde, Educação, vol.
18, núm.
48, 2014, pp.
75-86 Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=180130050006 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto DOI: 10.1590-1807-57622013.0264 artigos Fisioterapia ambulatorial na rede pública de saúde de Campo Grande (MS, Brasil) na percepção dos usuários: resolutividade e barreiras Mariana Antunes da Silva(a) Mara Lisiane de Moraes dos Santos(b) Laís Alves de Souza Bonilha(c) Silva MA, Santos MLM, Bonilha LAS.
Users’ perceptions of outpatient physiotherapy in the public healthcare system in Campo Grande (MS, Brazil): problem-solving capacity and difficulties.
Interface (Botucatu).
2014; 18(48):75-86. This study aimed to ascertain user perceptions regarding outpatient physiotherapy services within the National Health System (SUS) in Campo Grande (MS, Brazil), in relation to care outcomes and barriers encountered.
We conducted a descriptive-exploratory investigation through interviews, in which data were organized using the collective subject discourse technique.
We interviewed 45 users of seven physiotherapy clinics linked to SUS. Among the reasons for seeking therapy, 93.3% were musculoskeletal disorders and 6.7%, neurological disorders.
We identified the following central ideas (CI): C...





Related documents