Dermatomiosite como primeira manifestacão de uma neoplasia pulmonar Report as inadecuate




Dermatomiosite como primeira manifestacão de uma neoplasia pulmonar - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

A. Barroso ; B. Parente ;Revista Portuguesa de Pneumología 2013, 19 4

Author: A.S. Castro

Source: http://www.redalyc.org/


Teaser



Revista Portuguesa de Pneumología ISSN: 0873-2159 sppneumologia@mail.telepac.pt Sociedade Portuguesa de Pneumologia Portugal Castro, A.S.; Barroso, A.; Parente, B. Dermatomiosite como primeira manifestacão de uma neoplasia pulmonar Revista Portuguesa de Pneumología, vol.
19, núm.
4, julio-agosto, 2013, pp.
179-183 Sociedade Portuguesa de Pneumologia Lisboa, Portugal Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=169729142009 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Documento descarregado de http:--http:--www.elsevier.pt el 10-07-2013.
Cópia para uso pessoal, está totalmente proibida a transmissão deste documento por qualquer meio ou forma. Rev Port Pneumol.
2013;19(4):179---183 www.revportpneumol.org CASO CLÍNICO Dermatomiosite como primeira manifestação de uma neoplasia pulmonar A.S.
Castro ∗ , A.
Barroso e B.
Parente Serviço de Pneumologia, Centro Hospitalar Vila Nova Gaia-Espinho, Vila Nova de Gaia, Portugal Recebido a 12 de julho de 2012; aceite a 30 de novembro de 2012 Disponível na Internet a 17 de abril de 2013 PALAVRAS-CHAVE Dermatomiosite; Síndrome paraneoplásico; Neoplasias pulmonares KEYWORDS Dermatomyositis; Paraneoplastic syndrome; Lung neoplasms ∗ Resumo A dermatomiosite (DM) é uma doença rara, caracterizada por fraqueza muscular proximal associada a exantema cutâneo típico.
A biopsia muscular apresenta lesões inflamatórias compatíveis com miosite, estando associada a um aumento de risco de neoplasia, frequentemente considerada como síndrome paraneoplásico.
Os autores apresentam um caso de um homem de 63 anos, com quadro de fraqueza muscular proximal progressiva e exantema cutâneo com 2 meses de evolução.
A biopsia cutânea e muscular foram compatíveis com ...





Related documents