Abordagem contrastiva na terapia dos desvios fonológicos: considerações teóricas Report as inadecuate




Abordagem contrastiva na terapia dos desvios fonológicos: considerações teóricas - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Márcia Keske-Soares ;Revista CEFAC 2007, 9 3

Author: Karina Carlesso Pagliarin

Source: http://www.redalyc.org/


Teaser



Revista CEFAC ISSN: 1516-1846 revistacefac@cefac.br Instituto Cefac Brasil Carlesso Pagliarin, Karina; Keske-Soares, Márcia Abordagem contrastiva na terapia dos desvios fonológicos: considerações teóricas Revista CEFAC, vol.
9, núm.
3, julio-septiembre, 2007, pp.
330-338 Instituto Cefac São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=169313371006 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto 330 Pagliarin KC, Keske-Soares M ABORDAGEM CONTRASTIVA NA TERAPIA DOS DESVIOS FONOLÓGICOS: CONSIDERAÇÕES TEÓRICAS Contrastive approach in phonological disorders therapy: theoretical considerations Karina Carlesso Pagliarin (1), Márcia Keske-Soares (2) RESUMO Objetivo: realizar uma revisão de literatura sobre os modelos terapêuticos utilizados na terapia fonoaudiológica, dando-se ênfase aos modelos com abordagem contrastiva, sendo estes o de Pares Mínimos-Oposições Máximas e o de Oposições Múltiplas.
Métodos: foram realizadas buscas a partir de pesquisa de publicações nas bases de dados Medline, Scielo, Bireme e Pubmed, sendo também utilizados livros, teses, dissertações, monografias e artigos de periódicos.
Resultados: os modelos de Pares Mínimos-Oposições Máximas envolvem a seleção de pares de palavras que se diferenciam por um único fonema, podendo contrastar poucos traços distintivos (pares mínimos) ou muitos traços (oposições máximas).
Esses modelos são preferencialmente indicados para crianças com desvio médio a médio-moderado.
No modelo de Oposições Múltiplas, são selecionadas palavras que também diferem em apenas um fonema, porém estes contrastam diversos traços devido à seleção de vários fonemas.
Esse modelo é recomendado para desvio severo, poi...





Related documents