Análise acústica da voz de mulheres idosas Report as inadecuate




Análise acústica da voz de mulheres idosas - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Cláudia Fernanda Tolentino Alves ; Ana Cristina Côrtes Gama ;Revista CEFAC 2009, 11 1

Author: Janaína da Silva Berto Cerceau

Source: http://www.redalyc.org/


Teaser



Revista CEFAC ISSN: 1516-1846 revistacefac@cefac.br Instituto Cefac Brasil Silva Berto Cerceau, Janaína da; Tolentino Alves, Cláudia Fernanda; Côrtes Gama, Ana Cristina Análise acústica da voz de mulheres idosas Revista CEFAC, vol.
11, núm.
1, enero-marzo, 2009, pp.
142-149 Instituto Cefac São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=169317439022 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto 142 ANÁLISE ACÚSTICA DA VOZ DE MULHERES IDOSAS Voice acoustic analysis in elderly women Janaína da Silva Berto Cerceau (1), Cláudia Fernanda Tolentino Alves (2), Ana Cristina Côrtes Gama (3) RESUMO Objetivo: avaliar medidas acústicas da voz de idosas.
Métodos: participaram 96 idosas, com idades entre 60 e 103 anos, divididas em três grupos conforme a faixa etária.
Resultados: valores da frequência fundamental foram: 193,81 Hz (Grupo 1), 195,71 (Grupo 2) e 187,60 Hz (Grupo 3). Extensão fonatória: 42,10 semitons (Grupo 1); 37,29 semitons (Grupo 2) e 38,75 semitons (Grupo 3). Os valores da frequência mínima e máxima foram, respectivamente, 103,62 Hz e 1099,1 Hz (Grupo 1); 102,28 Hz e 918,10 Hz (Grupo 2) e 88,73 Hz e 876,8 Hz (Grupo 3).
Os valores do Tempo Máximo de Fonação da vogal -a- foram 8,54 segundos (Grupo 1), 7,97 segundos (Grupo 2) e 7,52 segundos (Grupo 3).
Para a vogal -i- os valores foram de 8,82 segundos (Grupo 1), 8,44 segundos (Grupo 2) e 8,05 segundos (Grupo 3).
Para a vogal -u- os valores foram de 9,22 segundos (Grupo 1), 8,09 segundos (Grupo 2) e 7,95 segundos (Grupo 3).
Conclusão: mulheres idosas apresentam uma frequência fundamental mais grave e tempos máximos de fonação das vogais diminuídos.
A extensão fonatória máxima apresentou valores semelhantes aos de ad...





Related documents