Adaptação aberta: avaliação da satisfação dos usuários de um centro de alta complexidade Report as inadecuate




Adaptação aberta: avaliação da satisfação dos usuários de um centro de alta complexidade - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Wanderléia Quinhoeiro Blasca ; Karis de Campos ; Maria Fernanda Capoani Garcia Mondelli ;Revista CEFAC 2011, 13 4

Author: Mirela Machado Picolini

Source: http://www.redalyc.org/


Teaser



Revista CEFAC ISSN: 1516-1846 revistacefac@cefac.br Instituto Cefac Brasil Machado Picolini, Mirela; Quinhoeiro Blasca, Wanderléia; Campos, Karis de; Capoani Garcia Mondelli, Maria Fernanda Adaptação aberta: avaliação da satisfação dos usuários de um centro de alta complexidade Revista CEFAC, vol.
13, núm.
4, julio-agosto, 2011, pp.
676-684 Instituto Cefac São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=169319494007 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto 676 ADAPTAÇÃO ABERTA: AVALIAÇÃO DA SATISFAÇÃO DOS USUÁRIOS DE UM CENTRO DE ALTA COMPLEXIDADE Open fitting: evaluating user satisfaction in a high complexity center Mirela Machado Picolini (1), Wanderléia Quinhoeiro Blasca (2), Karis de Campos (3), Maria Fernanda Capoani Garcia Mondelli (4) RESUMO Objetivo: avaliar subjetivamente o grau de satisfação dos usuários de AASI open fit (OTE).
Método: 11 indivíduos com deficiência auditiva neurossensorial, de grau leve a severo, com configuração descendente, usuários de AASI OTE, foram submetidos ao questionário de auto-avaliação International Outcome Inventory for Hearing Aids (IOI-HA – versão em Português).
Resultados: em relação aos sete domínios avaliados, verificou-se que a média referente ao uso foi de 4,45; quanto ao benefício foi de 4,27; em relação à limitação de atividade residual foi de 4,45; quanto à satisfação foi de 4,72; quanto à restrição de participação de atividade residual foi de 4,81; para o domínio impacto nos outros foi de 4,90 e 4,18 para a qualidade de vida.
Ressalta-se que a pontuação máxima para cada domínio avaliado era de 5,0 e a mínima 1,0.
A média obtida para na pontuação total (soma de todas as questões) foi d...





Related documents