Educação de jovens e adultos, educação popular e processos de conscientização: intersecções na vida cotidiana Report as inadecuate




Educação de jovens e adultos, educação popular e processos de conscientização: intersecções na vida cotidiana - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Educar em Revista 2007, 29

Author: Maria de Fátima Quintal de Freitas

Source: http://www.redalyc.org/


Teaser



Educar em Revista ISSN: 0104-4060 educar@ufpr.br Universidade Federal do Paraná Brasil Quintal de Freitas, Maria de Fátima Educação de jovens e adultos, educação popular e processos de conscientização: intersecções na vida cotidiana Educar em Revista, núm.
29, 2007, pp.
47-62 Universidade Federal do Paraná Paraná, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=155013355005 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Educação de jovens e adultos, educação popular e processos de conscientização: intersecções na vida cotidiana Youth and adult education, popular education and awareness processes: intersections in daily life Maria de Fátima Quintal de Freitas* RESUMO O presente artigo discorre sobre as relações entre a educação popular, a Educação de Jovens e Adultos (EJA) e algumas possibilidades de contribuição da psicologia social comunitária para a prática dos educadores, hoje, no seu trabalho de educação-alfabetização.
Identificam-se origens epistemológicas comuns, quando do início dos trabalhos de alfabetização e conscientização e dos movimentos sociais, a partir dos anos 60.
Paulatinamente, vai acontecendo uma diferenciação entre estes dois campos à medida que o país entra no período da redemocratização.
São identificadas semelhanças, diferenças e intersecções entre estes dois campos, destacando-se algumas “reflexões” para a prática dos educadores, à luz da filosofia de Paulo Freire e das práticas de emancipação popular, orientadas pelos trabalhos da psicologia social comunitária.
Procede-se a uma análise psicossocial das tensões e paradoxos que surgem na prática dos educadores, analisando as repercussões e impactos psicossociais que podem...





Related documents