O aborto como causa de mortalidade materna: um pensar para o cuidado de enfermagem Report as inadecuate




O aborto como causa de mortalidade materna: um pensar para o cuidado de enfermagem - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Miriam Aparecida Barbosa Merighi ;Escola Anna Nery Revista de Enfermagem 2010, 14 (1)

Author: Selisvane Ribeiro da Fonseca Domingos

Source: http://www.redalyc.org/


Teaser



Escola Anna Nery Revista de Enfermagem ISSN: 1414-8145 annaneryrevista@gmail.com Universidade Federal do Rio de Janeiro Brasil Fonseca Domingos, Selisvane Ribeiro da; Barbosa Merighi, Miriam Aparecida O ABORTO COMO CAUSA DE MORTALIDADE MATERNA: UM PENSAR PARA O CUIDADO DE ENFERMAGEM Escola Anna Nery Revista de Enfermagem, vol.
14, núm.
1, enero-marzo, 2010, pp.
177-181 Universidade Federal do Rio de Janeiro Rio de Janeiro, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=127712632026 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto REFLEXÃO Esc Anna Nery Rev Enferm 2010 jan-mar; 14 (1): 177-81 O aborto como causa de mortalidade materna Domingos SRF, Merighi MAB Esc Anna Nery Rev Enferm 2010 jan-mar; 14 (1): 177-81 REFLECTION - REFLEXIÓN O ABORTO COMO CAUSA DE MORTALIDADE MATERNA: UM PENSAR PARA O CUIDADO DE ENFERMAGEM Abortion as a cause of maternal death: a thought for nursing care El aborto como causa de mortalidad materna: una reflexión sobre el cuidado de enfermería Selisvane Ribeiro da Fonseca Domingos1 Miriam Aparecida Barbosa Merighi2 RESUMO O aborto é um tema polêmico e um sério problema de saúde pública mundial, responsável pela manutenção das altas taxas de mortalidade materna em muitos países em desenvolvimento.
No Brasil, por se tratar de um ato ilegal, muitas mulheres que não desejam manter uma gestação acabam por procurar clínicas clandestinas, submetendo-se ao aborto em condições precárias, o que acarreta graves consequências à sua saúde física e psicológica e à própria vida.
Como enfermeiras, reconhecemos a magnitude das questões que permeiam as discussões sobre o abortamento e a mortalidade materna no cenário das políticas de saúde que envolvem a área da saúd...





Related documents