Notas etnográficas sobre o futebol de várzea Report as inadecuate




Notas etnográficas sobre o futebol de várzea - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Luciano Jahnecka ; Inácio Crochemore da Silva ;Movimento 2010, 16 (3)

Author: Luiz Carlos Rigo

Source: http://www.redalyc.org/


Teaser



Movimento ISSN: 0104-754X stigger@adufrgs.ufrgs.br Escola de Educação Física Brasil Rigo, Luiz Carlos; Jahnecka, Luciano; Crochemore da Silva, Inácio Notas etnográficas sobre o futebol de várzea Movimento, vol.
16, núm.
3, julio-septiembre, 2010, pp.
155-179 Escola de Educação Física Rio Grande do Sul, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=115316960009 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Notas etnográficas sobre o futebol de várzea Luiz Carlos Rigo* Luciano Jahnecka** Inácio Crochemore da Silva*** Resumo: Este estudo tem como objetivo descrever e analisar o atual estado do futebol de várzea (futebol amador, de bairro) na cidade de Pelotas, Brasil.
Através da etnografia interpretativa, por meio de observações (registros escritos e fotografias), entrevistas semi-estruturadas e da análise de documentos, realizamos um estudo detalhado do Campeonato Praiano e do Campeonato Citadino, as duas principais competições organizadas pela Liga Pelotense de Futebol Amador (LPFA).
Concluímos que em Pelotas o futebol de várzea está longe de acabar.
Reinventado, ele continua a ser uma das principais práticas de lazer esportivo das classes trabalhadoras da cidade. Palavras-chave: Futebol.
Atividades de Lazer.
Socialização. 1 UM FUTEBOL PERSISTENTE Em 1995, por teimosia, resolvi organizar um grande campeonato só para times de várzea e esqueci de estabelecer um número limite de participantes. Quando soube que as inscrições passavam de mil times e só existiam 120 vagas, corri a fazer uma eliminatória, tomando o cuidado de nos anos seguintes estabelecer critérios que truncassem tal explosão.
(ADAUTO, 1999, p.
122). *Graduado em Educação Física.
Mestre em Ciência do Movimento...





Related documents