Entre a marquise e a pista central: espaço para o tempo livre no parque do ibirapuera Report as inadecuate




Entre a marquise e a pista central: espaço para o tempo livre no parque do ibirapuera - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Sílvia Cristina Franco Amaral ;Movimento 2010, 16 (2)

Author: Paulo Cezar Nunes Junior

Source: http://www.redalyc.org/


Teaser



Movimento ISSN: 0104-754X stigger@adufrgs.ufrgs.br Escola de Educação Física Brasil Nunes Junior, Paulo Cezar; Franco Amaral, Sílvia Cristina Entre a marquise e a pista central: espaço para o tempo livre no Parque do Ibirapuera Movimento, vol.
16, núm.
2, abril-junio, 2010, pp.
249-265 Escola de Educação Física Rio Grande do Sul, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=115316043013 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Entre a marquise e a pista central: espaço para o tempo livre no Parque do Ibirapuera Paulo Cezar Nunes Junior * Sílvia Cristina Franco Amaral ** Resumo: Este artigo tem como tema central a relação entre lazer e espaço urbano.
Foram feitas trinta e oito visitas ao Parque do Ibirapuera (São Paulo) e, por meio do método de pesquisa antropológico, busca-se discutir o papel dos diferentes usos que um mesmo espaço pode conter para as práticas de lazer.
As diversidades observadas na pista central e as subversões apresentadas pela marquise sugerem o mote para que estes e outros locais possam vir a ser espaço para o tempo livre. Palavras-chave: Atividades de lazer.
Áreas verdes.
Antropologia cultural. 1 INTRODUÇÃO Este artigo é fruto da dissertação de mestrado intitulada “Considerações sobre lazer e usos do espaço urbano no Parque do Ibirapuera”. Trata-se de uma pesquisa qualitativa que lança mão do método de pesquisa antropológico para investigar os usos do Parque do Ibirapuera, em São Paulo, para o tempo livre.
O foco foi dado na forma como os sujeitos, por meio de suas práticas de lazer, apropriam-se de alguns espaços específicos deste parque urbano, neste caso, a marquise e a pista central.
Nosso esforço neste artigo é o de compilar os pri...





Related documents