Psicoterapia breve operacionalizada na clínica privada Report as inadecuate




Psicoterapia breve operacionalizada na clínica privada - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Kayoko Yamamoto ;Aletheia 2009, (30)

Author: Ryad Simon

Source: http://www.redalyc.org/


Teaser



Aletheia ISSN: 1413-0394 mscarlotto@ulbra.br Universidade Luterana do Brasil Brasil Simon, Ryad; Yamamoto, Kayoko Psicoterapia breve operacionalizada na clínica privada Aletheia, núm.
30, julio-diciembre, 2009, pp.
172-182 Universidade Luterana do Brasil Canoas, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=115013591014 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Aletheia 30, p.172-182, jul.-dez.
2009 Psicoterapia breve operacionalizada na clínica privada Ryad Simon Kayoko Yamamoto Resumo: A Psicoterapia Breve Operacionalizada – PBO é uma modalidade terapêutica formulada tendo como referência a teoria psicanalítica e a teoria da adaptação de R.
Simon.
A formação do psicoterapeuta tem sido realizada em Cursos de Pós-Graduação lato sensu na UNIP – Universidade Paulista.
Atende à demanda de ajuda psicoterápica que tem sido maior a cada ano e agigantou-se com a legislação que determina aos Convênios de Saúde a concessão de atendimento psicoterápico a seus filiados.
O objetivo da PBO é proporcionar a compreensão dos fatores psicodinâmicos e adaptativos que subentendem as situações-problema que o paciente enfrenta no momento presente. Através de interpretações teorizadas e conjecturas adaptativas o paciente vai entrando em contato com a articulação entre seu mundo subjetivo e suas repercussões no mundo externo adquirindo clareza do encadeamento entre suas motivações inconscientes e seus reflexos na origem das situações-problema.
A utilização da PBO proporciona ampliação dos recursos psicoterápicos do terapeuta e contribui para aliviar sua culpa por não praticar a psicanálise clássica com os pacientes, conforme seus preconceitos, além de elevar sua auto-estima ao co...





Related documents