Bebês de risco: a caracterização psicossocial das mães e as possibilidades de intervenções psicológicas Report as inadecuate




Bebês de risco: a caracterização psicossocial das mães e as possibilidades de intervenções psicológicas - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Helen Dalla Santa Prux ; Yáskara Arrial Palma ;Aletheia 2009, (30)

Author: Alice Maggi

Source: http://www.redalyc.org/


Teaser



Aletheia ISSN: 1413-0394 mscarlotto@ulbra.br Universidade Luterana do Brasil Brasil Maggi, Alice; Dalla Santa Prux, Helen; Arrial Palma, Yáskara Bebês de risco: a caracterização psicossocial das mães e as possibilidades de intervenções psicológicas Aletheia, núm.
30, julio-diciembre, 2009, pp.
129-141 Universidade Luterana do Brasil Canoas, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=115013591011 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Aletheia 30, p.129-141, jul.-dez.
2009 Bebês de risco: a caracterização psicossocial das mães e as possibilidades de intervenções psicológicas Alice Maggi Helen Dalla Santa Prux Yáskara Arrial Palma Resumo: O estudo caracteriza as mães de bebês de risco internados numa unidade de terapia intensiva, detectando medidas de ansiedade e de depressão e apreendendo suas concepções e sentimentos frente ao momento atual, envolvendo os cuidados com o bebê e a rede de apoio social existente.
Participaram do estudo 22 mães, com idade entre 16 e 40 anos.
Foram utilizados como instrumentos os Inventários de Ansiedade Traço-Estado e de Depressão de Beck e uma entrevista semidirigida.
Os resultados apontaram associações significativas quanto à depressão e ansiedade-traço e ansiedade-estado e ansiedade-traço.
As elevadas frequências das categorias que revelavam rede de apoio e conhecimento suficiente do tratamento indicam possibilidades de proteção em resposta ao risco.
Conclui-se pela indicação de que tal caracterização seja contemplada nas intervenções planejadas pelas equipes de saúde. Palavras-chave: Bebê de risco, ansiedade, depressão. Risk babies: Psicossocial characterization of the mothers and the possibilities of psychological interv...





Related documents