Intensidades de pastejo em campo nativo melhorado Report as inadecuate




Intensidades de pastejo em campo nativo melhorado - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Laércio Ricardo SARTOR ; Jean Carlos MEZZALIRA ; Paulo Fernando ADAMI ; Lidiane FONSECA ; Francisco MIGLIORINI ; Tangriani Simioni ASSMANN ;Scientia Agraria 2007, 8 (4)

Author: André Brugnara SOARES

Source: http://www.redalyc.org/


Teaser



Scientia Agraria ISSN: 1519-1125 sciagr@ufpr.br Universidade Federal do Paraná Brasil Brugnara SOARES, André; SARTOR, Laércio Ricardo; MEZZALIRA, Jean Carlos; ADAMI, Paulo Fernando; FONSECA, Lidiane; MIGLIORINI, Francisco; ASSMANN, Tangriani Simioni INTENSIDADES DE PASTEJO EM CAMPO NATIVO MELHORADO Scientia Agraria, vol.
8, núm.
4, 2007, pp.
357-363 Universidade Federal do Paraná Paraná, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=99516262002 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto SOARES, A.B.
et al.
Intensidades de pastejo em campo. INTENSIDADES DE PASTEJO EM CAMPO NATIVO MELHORADO GRAZING INTENSITIES OVER IMPROVED NATURAL PASTURE André Brugnara SOARES1 Laércio Ricardo SARTOR2 Jean Carlos MEZZALIRA4 Paulo Fernando ADAMI3 Lidiane FONSECA4 Francisco MIGLIORINI4 Tangriani Simioni ASSMANN1 RESUMO O trabalho foi conduzido em campo nativo melhorado com introdução de espécies exóticas (Trevo Branco, Trevo Vermelho e Cornichão) mais adubação e calagem, em Água Doce-SC, entre junho de 2004 e maio de 2005.
O objetivo foi avaliar a influência de duas intensidades de pastejo na produção animal.
Os tratamentos consistiram de duas massas de forragem (MF) pretendidas: 2000 e 1000 kg de massa seca ha-1 (MS ha-1) para massa alta (MA) e massa baixa (MB), respectivamente, em lotação continua com taxa de lotação variável.
No entanto, os valores reais dos tratamentos foram de 1875 e 988 kg de MS ha-1 para MA e MB (P 0,05), respectivamente.
A oferta de forragem (OF) média foi de 27 e 10 kg de MS 100 kg-1 de peso vivo (PV) para MA e MB, respectivamente (P 0,05).
Não houve interação significativa entre tratamento e período (P 0,05) para a carga animal (CA), os valores foram de 484 e 309 kg de...





Related documents