Crescimento de mudas de erva-mate fertilizadas com n, p e k Report as inadecuate




Crescimento de mudas de erva-mate fertilizadas com n, p e k - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Eliziane Luiza BENEDETTI ; Gilvano Ebling BRONDANI ; Carlos Bruno REISSMANN ; Alessandro Góis ORRUTÉA ; Luís Fernando ROVEDA ;Scientia Agraria 2008, 9 (1)

Author: Delmar SANTIN

Source: http://www.redalyc.org/


Teaser



Scientia Agraria ISSN: 1519-1125 sciagr@ufpr.br Universidade Federal do Paraná Brasil SANTIN, Delmar; BENEDETTI, Eliziane Luiza; BRONDANI, Gilvano Ebling; REISSMANN, Carlos Bruno; Góis ORRUTÉA, Alessandro; ROVEDA, Luís Fernando CRESCIMENTO DE MUDAS DE ERVA-MATE FERTILIZADAS COM N, P E K Scientia Agraria, vol.
9, núm.
1, 2008, pp.
59-66 Universidade Federal do Paraná Paraná, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=99516828009 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto SANTIN, D.
et al.
Crescimento de mudas de erva-mate. CRESCIMENTO DE MUDAS DE ERVA-MATE FERTILIZADAS COM N, P E K1 GROWTH OF MATE TEA TREE SEEDLINGS FERTILIZED WITH N, P AND K Delmar SANTIN2 Eliziane Luiza BENEDETTI3 Gilvano Ebling BRONDANI4 Carlos Bruno REISSMANN5 Alessandro Góis ORRUTÉA6 Luís Fernando ROVEDA7 RESUMO A redução de áreas de ervais nativos tem impulsionado a procura por mudas de erva-mate para implantação de novos ervais.
Porém, existem poucos trabalhos relacionados aos níveis adequados de N, P e K para a produção de mudas de erva-mate.
Com objetivo de avaliar doses de N, P e K no crescimento inicial de mudas de erva-mate, foram instalados três experimentos em casa de vegetação na UFSM-RS.
Após cinco meses de estratificação as sementes foram semeadas em sementeira.
Em outubro de 2004 as mudas foram repicadas para vasos com 2 dm³ de solo Argissolo Vermelho-Amarelo.
Os experimentos foram conduzidos em blocos ao acaso com oito tratamentos: T1-testemunha, T2-100, T3-200, T4-300, T5-400, T6-500, T7-600 e T8-700 mg do elemento testado (N, P e K) kg-1 de solo.
Após 270 dias da repicagem, foram analisadas as variáveis altura total (H), diâmetro do colo (DC), matéria fresca da parte aérea (MFPA), ma...





Related documents