Reseña de -origem e modo de construção das moléstias da mente: a psicopatogênese que pode estar contida nas relações familiares- de o. di loreto Report as inadecuate




Reseña de -origem e modo de construção das moléstias da mente: a psicopatogênese que pode estar contida nas relações familiares- de o. di loreto - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Silva Carmo ;Boletim Academia Paulista de Psicologia 2006, XXVI (2)

Author: Helena Moreira

Source: http://www.redalyc.org/


Teaser



Boletim Academia Paulista de Psicologia ISSN: 1415-711X academia@appsico.org.br Academia Paulista de Psicologia Brasil Moreira, Helena; Carmo, Silva Reseña de -Origem e modo de construção das moléstias da mente: a psicopatogênese que pode estar contida nas relações familiares- de O.
Di Loreto Boletim Academia Paulista de Psicologia, vol.
XXVI, núm.
2, maio-agosto, 2006, pp.
90-91 Academia Paulista de Psicologia São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=94626214 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Boletim Academia Paulista de Psicologia - Ano XXVI, nº 2-06: 89-91 que crianças são mais resilientes do que adultos, por manifestarem certos comportamentos que lhes permitem promover-se mais facilmente. Postas essas considerações, com base no modelo de Grotberg, propõe quatro pilares para fomentar e promover a resiliência: eu tenho, eu posso, eu sou-estou.
O capítulo VI explica cada um deles e, inclusive, ilustra com exemplos. Enquanto que o capítulo VII desenvolve estratégias para se chegar à construção desses quatro pilares.
Já nos VIII e IX, muito importantes, analisa as principais fases de intervenção durante o desenvolvimento infantil, ou seja, na primeira infância e no período de latência. No capítulo X, verifica o papel da ansiedade na relação entre resiliência, crise e trauma.
Enquanto que nos capítulos XI, XII e XIII, exalta a importância dos esportes, do humor e da criatividade como fatores fundamentais na promoção dessa força superadora.
Nos capítulos XIV e XV, trata o tema nos contextos da família e da comunidade.
No XVI, enfatiza a fé e a religião e no XVII mostra como a escola pode contribuir com medidas próprias para promover e fomentá-...





Related documents