Inflação e retorno do mercado acionário em países desenvolvidos e emergentes Report as inadecuate




Inflação e retorno do mercado acionário em países desenvolvidos e emergentes - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

RACRevista de Administração Contemporânea 2006, 10 3

Author: Paulo Renato Soares Terra

Source: http://www.redalyc.org/


Teaser



RAC - Revista de Administração Contemporânea ISSN: 1415-6555 rac@anpad.org.br Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração Brasil Soares Terra, Paulo Renato Inflação e Retorno do Mercado Acionário em Países Desenvolvidos e Emergentes RAC - Revista de Administração Contemporânea, vol.
10, núm.
3, julho-setembro, 2006, pp.
133-158 Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração Rio de Janeiro, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=84010308 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Inflaçăo e Retorno do Mercado Acionário em Países Desenvolvidos e Emergentes Paulo Renato Soares Terra RESUMO Diferentes explicações têm sido sugeridas à intrigante relação negativa observada entre retornos acionários e inflação.
As mais populares são a Hipótese de Efeitos Fiscais (Feldstein, 1980), a Hipótese Proxy (Fama, 1981), e a Hipótese de Causalidade Inversa (Geske & Roll, 1983).
A cadeia de causalidade entre as variáveis é crucial para determinar quais hipóteses se ajustam melhor aos dados.
Este estudo estende esta linha de pesquisa a uma amostra de sete países latinoamericanos (Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, México, Peru e Venezuela).
Uma Análise de Auto-regressão Vetorial (VAR) é executada para investigar as relações de causalidade entre retornos reais das ações, taxas de juros reais, atividade real, e inflação.
A mesma metodologia também é aplicada ao Grupo dos Sete (Alemanha, Canadá, França, Itália, Japão, Reino Unido e Estados Unidos), e os resultados são então comparados.
Os resultados indicam que as diferenças entre países industrializados e países em desenvolvimento não são tão marcantes quanto pr...





Related documents