Réplica – redes são redes ou redes são organizações? Report as inadecuate




Réplica – redes são redes ou redes são organizações? - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Jorge Renato Verchoore ;RACRevista de Administração Contemporânea 2014, 18 4

Author: Alsones Balestrin

Source: http://www.redalyc.org/


Teaser



RAC - Revista de Administração Contemporânea ISSN: 1415-6555 rac@anpad.org.br Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração Brasil Balestrin, Alsones; Verchoore, Jorge Renato Réplica – Redes são Redes ou Redes são Organizações? RAC - Revista de Administração Contemporânea, vol.
18, núm.
4, julio-agosto, 2014, pp.
523-533 Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração Rio de Janeiro, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=84031267009 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Disponível em http:--www.anpad.org.br-rac RAC, Rio de Janeiro, v.
18, n.
4, pp.
523-533, Jul.-Ago.
2014 http:--dx.doi.org-10.1590-1982-7849rac201410961 Documentos e Debates: Réplica – Redes são Redes ou Redes são Organizações? Are Networks Just Networks or Are Networks Organizations? Alsones Balestrin E-mail: abalestrin@unisinos.br Universidade do Vale do Rio dos Sinos – UNISINOS Av.
UNISINOS, 950, 93022-000, São Leopoldo, RS, Brasil. Jorge Renato Verchoore E-mail: jorgevf@unisinos.br Universidade do Vale do Rio dos Sinos – UNISINOS Av.
UNISINOS, 950, 93022-000, São Leopoldo, RS, Brasil. A.
Balestrin, J.
R.
Verchoore 524 Introdução O presente texto é motivado pelo artigo de Oliveira e Lopes que faz uma importante contextualização do tema cooperação e, mais precisamente, da ideia de coopetição.
Os autores Oliveira e Lopes apresentaram uma robusta construção teórica, problematizando a aplicação do conceito de coopetição, destacando sua utilização no contexto das redes interorganizacionais (nível meso) e sua baixa atenção no campo das redes interpessoais (nível micro).
Já na introdução os autores argumentam que seja abandona...





Related documents