Estudo técnico-econômico de projetos para cozimento de frutas cristalizadas com a utilização de vapor d’água Report as inadecuate




Estudo técnico-econômico de projetos para cozimento de frutas cristalizadas com a utilização de vapor d’água - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Lin Chau Jen ;Exacta 2004, 2

Author: Giovani Carvalho Gomes de

Source: http://www.redalyc.org/


Teaser



Exacta ISSN: 1678-5428 exacta@uninove.br Universidade Nove de Julho Brasil Carvalho Gomes de, Giovani; Chau Jen, Lin Estudo técnico-econômico de projetos para cozimento de frutas cristalizadas com a utilização de vapor dágua Exacta, núm.
2, novembro, 2004, pp.
69-89 Universidade Nove de Julho São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=81000206 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto recebido em: 30 abr.
2004 – aprovado em: 24 jun.
2004 Estudo técnico-econômico de projetos para cozimento de frutas cristalizadas com a utilização de vapor d’água* Giovani Gomes de Carvalho Bacharel em Engenharia de Produção Mecânica – Uninove. giovanig@bauducco.com.br Lin Chau Jen Doutor em Engenharia – Escola Politécnica (USP); Pesquisador do IPT-SP; Professor de Engenharia de Produção Mecânica – Uninove. linchau@ipt.br Resumo Este estudo de caso técnico-econômico demonstrou qual, entre três projetos construtivos, apresenta maior economia no consumo de vapor d’água para aquecimento de tachos destinados ao cozimento de frutas cristalizadas na indústria alimentícia.
A análise térmica foi enfatizada para determinar a forma construtiva ideal do equipamento necessário ao processo.
Foram comparadas três formas de uso do vapor d’água para o aquecimento dos tachos: 1.
utilização de vapor na forma direta, injetando-o diretamente no interior do tacho; 2.
utilização de vapor na forma indireta, aquecendo a mistura por meio de encamisamento do tacho; 3.
utilização de vapor na forma indireta aquecendo a mistura do tacho pela circulação do vapor por serpentina imersa ao tacho.
O estudo de caso foi baseado na operação real de uma empresa que utiliza o vapor na forma ind...





Related documents