Práticas desinstitucionalizadoras em uma unidade de internação psiquiátrica Report as inadecuate




Práticas desinstitucionalizadoras em uma unidade de internação psiquiátrica - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Teresinha Aparecida Pereira de Mello ; Fábio Becker Pires ; Ronei Washington Pinheiro Cunha ; Adão Ademir da Silva ; Fernanda Franceschi de Freitas ;SMAD, Revista Electrónica en Salud Mental, Alcohol y Drogas 2006, 2 2

Author: Verginia Medianeira Dallago Rossato

Source: http://www.redalyc.org/


Teaser



SMAD, Revista Electrónica en Salud Mental, Alcohol y Drogas ISSN: 1806-6976 rev_smad@eerp.usp.br Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Brasil Dallago Rossato, Verginia Medianeira; Pereira de Mello, Teresinha Aparecida; Becker Pires, Fábio; Pinheiro Cunha, Ronei Washington; Ademir da Silva, Adão; de Freitas, Fernanda Franceschi Práticas desinstitucionalizadoras em uma unidade de internação psiquiátrica SMAD, Revista Electrónica en Salud Mental, Alcohol y Drogas, vol.
2, núm.
2, 2006, p.
0 Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=80320203 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto PRÁTICAS DESINSTITUCIONALIZADORAS EM UMA UNIDADE DE INTERNAÇÃO PSIQUIÁTRICA Verginia Medianeira Dallago Rossato1; Teresinha Aparecida Pereira de Mello2; Fábio Becker Pires3; Ronei Washington Pinheiro Cunha4; Adão Ademir da Silva5; Fernanda Franceschi de Freitas6 Resumo O projeto iniciado em 2004, na Unidade Psiquiátrica do HUSM-Hospital Universitário de Santa Maria-RS, objetiva a construção de um novo modelo de cuidado para a população internada em surto psicótico.
A idéia de proporcionar condições para que os usuários do serviço possam transitar por diversos espaços da comunidade e da Instituição fortalece os princípios da Reforma Psiquiátrica que preconiza a desinstitucionalização e a inserção social dos portadores de sofrimento psíquico.
Nessa trajetória, evidenciou-se a importância do envolvimento de diversos atores para ampliar o olhar e provocar diferentes discussões em um movimento dialético em direção a uma nova prática em Saúde Mental. Palavras-chave: desinstitucionalização, internação psiquiátrica, inserção social...





Related documents