O declínio do welfare state e a emergência do estado prisional tempos de um novo puritanismo? Report as inadecuate




O declínio do welfare state e a emergência do estado prisional tempos de um novo puritanismo? - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

CivitasRevista de Ciências Sociais 2005, 5 1

Author: Erni J. Seibel

Source: http://www.redalyc.org/


Teaser



Civitas - Revista de Ciências Sociais ISSN: 1519-6089 civitas@pucrs.br Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Brasil Seibel, Erni J. O declínio do welfare state e a emergência do estado prisional Tempos de um novo puritanismo? Civitas - Revista de Ciências Sociais, vol.
5, núm.
1, janeiro-junho, 2005, pp.
93-107 Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Porto Alegre, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=74250106 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto O declínio do welfare state e a emergência do estado prisional Tempos de um novo puritanismo? Erni J.
Seibel* 1 Propõe-se, com este artigo, discorrer sobre o declínio do welfare state, 2 apresentar as teses de Ladipo (2000) e Wacquant (2001), debater a tese da reedição do fenômeno puritano que orientou transformações sociais simultaneamente ao processo de transformação das relações capitalistas de produção nos primórdios do século XX que culminaram no desenvolvimento do modelo taylorista-fordista de produção fabril em substituição à manufatura, descrito por Gramsci (1978). Pretende-se evidenciar que, assim como a passagem da forma da produção citada implicou no condicionamento de um novo perfil de trabalhador, físico e ideologicamente definido, a passagem recente da forma taylorista-fordista para a pós-fordista e neoliberal tem forjado um novo perfil de trabalhador.
Este processo vem produzindo e exigindo um complexo arca* 1 2 Professor do Departamento de Sociologia e Ciência Política da Universidade Federal de Santa Catarina.
seibel@chh.ufsc.br. Agradeço a Benilson Borinelli pelos comentários críticos. Limita-se a estes autores pela similaridade da base de suas pesquisas e das ...





Related documents