Progresso temporal da ferrugem e redução sobre a área foliar e os componentes do rendimento de grãos em soja Report as inadecuate




Progresso temporal da ferrugem e redução sobre a área foliar e os componentes do rendimento de grãos em soja - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.



A safra de soja 2009-10 favoreceu a uma maior intensidade da ferrugem asiática Phakopsora pachyrhiziSydow y Sydow no Sul do Brasil, de forma que seu progresso e redução puderam ser quantificados. Asavaliações foram conduzidas em experimento de campo com 64 parcelas 2.7 x 5 m da cultivar Glycinemax L. Nidera 5909 RG, estabelecida em 05-12-09. Para gerar gradientes de doença utilizaram-sedois fungicidas tebuconazol e epoxiconazol piraclostrobina, em uma, duas ou três aplicações emestádios fonológicos diferentes. A doença foi quantificada por número de lesões e urédias, posteriormenteconvertido para severidade %. Quantificou-se também o índice de área foliar ao final do enchimento degrãos e os componentes do rendimento após a colheita. A severidade média final da ferrugem superou50%. As diferenças em severidade entre os estratos da planta foram influenciadas pela quantidade inicialde doença, uma vez que as taxas de progresso, determinadas pelos modelos logístico e de Gompertz,foram semelhantes entre os estratos 0.13 a 0.14 para o logístico e 0.10 a 0.11 para Gompertz. O índicede área foliar IAF foi de apenas 1.96 nas plantas não tratadas, contra 4.40 no tratamento com quatroaplicações de epoxiconazol piraclostrobina. Programas de controle iniciados em estádio fonológicoV9, com duas ou três aplicações, diferiram da testemunha em IAF. O número de legumes e grãos porplanta, assim como grãos por legume não variaram entre os tratamentos. Só houve diferença no peso degrãos do estrato superior, quando os fungicidas foram aplicados duas ou três vezes a partir de estádiofonológico V9., The harvest of the year 2009-10 of soybean crop in Southern Brazil occurred under higher intensity of soybean rust Phakopsora pachyrhizi Sydow y Sydow, which allowed studies on disease progress and crop reduction. A field experiment with 64 plots 2.7 x 5 m of the cultivar Glycine max L. Nidera 5909 RG sown on 5-Dec-2009 was used for the evaluations. Disease gradients were obtained by spraying the fungicides tebuconazol or epoxiconazol pyraclostrobin once, twice or three times, at different plant growth stages. Disease progress was assessed as number of lesions and urédias and later converted into percent severity %. The leaf area index LAI was measured at the full pod filling stage and the grain yield components at the harvest. The final disease severity was over 50% on non-sprayed plots. There were differences in disease severity among plant parts lower, medium, and upper thirds, which were caused by varying initial disease, since the rates of disease progress determined by Logistic and Gompertz models were similar among thirds 0.13 to 0.14 to Logistic and 0.1 to 0.11 to Gompertz. The LAI varied from 1.96 on non-treated plots to 4.4 on the standard treatment with four sprays of epoxiconazol pyraclostrobin. Disease control programs with two or three sprays began at the phenological stage V9 resulted in higher LAI and higher grain weight on the upper third. The number of pods or grains per plant and the number of grains per pod did not differ among treatments. There was only difference in weight of the upper grain, when fungicides were applied two or three times from phenological stage V9.

Tipo de documento: Artículo - Article

Palabras clave: Crop yield, fungus diseases, Glycine max, Gompertz, leaf area index, Logistic, severity, Uredinales., Doenças fúngicas, Glycine max, Gompertz, severidade, Uredinales, Crop yield, fungus diseases, Glycine max, Gompertz, leaf area index, Logistic, severity, Uredinales





Source: http://www.bdigital.unal.edu.co


Teaser



Progresso temporal da ferrugem e redução sobre a área foliar e os componentes do rendimento de grãos em soja Temporal progress of rust and reduced leaf area and yield components in soybean grain * Felipe Rafael Garcés Fiallos1,2,3 , y Carlos Alberto Forcelini3† 1                2            !  -  #$   - %   % and  #%    3   ( )  and *- ) % ( ,,-.-0,--% ( ) % %  *Autor para correspondencia: felipegarces23@yahoo.com; †forcelini@upf.tche.br Rec.: 07.04.11 Acept.: 03.10.11 Resumo A safra de soja 2009-10 favoreceu a uma maior intensidade da ferrugem asiática (Phakopsora pachyrhizi ? ?B    % CD       EF  D   $    avaliações foram conduzidas em experimento de campo com 64 parcelas (2.7 x 5 m) da cultivar Glycine max and  J  .,-, KB% *    D -.LM-L-, (        E ND0 dois fungicidas (tebuconazol e epoxiconazol piraclostrobina), em uma, duas ou três aplicações em Q  C-  C      E C $    SD   T   %  D          JUB $ 0 D*D  #  Q  C  $   VD  F  D       D   -  V       D  $  C  D   .-U  C  E D          CD W         de doença, uma vez que as taxas de progresso, determinadas pelos modelos logístico e de Gompertz, foram semelhantes entre os estratos (0.13 a 0.14 para o logístico e 0.10 a 0.11 para Gompertz).
O índice de área foliar (IAF) foi de apenas 1.96 nas plantas não tratadas, contra 4.40 no tratamento com quatro   ET  - N ]  * (D ...





Related documents