Atenção à saúde em uma comunidade tradicional de terreiro Report as inadecuate




Atenção à saúde em uma comunidade tradicional de terreiro - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Nedio Seminotti ;Revista de Saúde Pública 2009, 43 1

Author: Miriam Cristiane Alves

Source: http://www.redalyc.org/


Teaser



Revista de Saúde Pública ISSN: 0034-8910 revsp@usp.br Universidade de São Paulo Brasil Alves, Miriam Cristiane; Seminotti, Nedio Atenção à saúde em uma comunidade tradicional de terreiro Revista de Saúde Pública, vol.
43, núm.
1, agosto, 2009, pp.
85-91 Universidade de São Paulo São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=67240181013 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Rev Saúde Pública 2009;43(Supl.
1):85-91 Miriam Cristiane Alves Nedio Seminotti Atenção à saúde em uma comunidade tradicional de terreiro Health care in a community of followers of traditional AfricanBrazilian religions RESUMO OBJETIVO: Compreender a concepção de saúde e a origem do sofrimento psíquico por adeptos de uma comunidade tradicional de terreiro. PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS: Estudo de caso qualitativo realizado em uma comunidade tradicional de terreiro na cidade de Porto Alegre (RS), entre 2007 e 2008.
Foram participantes o sacerdote-Babalorixá e seis adeptos do terreiro.
Para a coleta dos dados e construção do corpus de análise, foram realizadas entrevistas abertas, gravadas e transcritas.
A categorização dos depoimentos, a partir do enfoque sistêmico complexo, possibilitou a construção de dois eixos temáticos: 1) terreiro e concepção de saúde e 2) origem do sofrimento psíquico e identidade cultural. ANÁLISE DOS RESULTADOS: Na comunidade de terreiro, as terapêuticas tradicionais em saúde, como o uso de ervas, banhos, dietas e-ou ritos de iniciação foram associados a terapêuticas convencionais propostas pelo Sistema Único de Saúde.
Consideram em sua concepção etiológica do sofrimento psíquico e em sua concepção de saúde os vínculos e a pertença a um territó...





Related documents