Implantação da rede amamenta brasil e prevalência de aleitamento materno exclusivo Report as inadecuate




Implantação da rede amamenta brasil e prevalência de aleitamento materno exclusivo - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Maria Helena D’Aquino Benício ; Sônia Isoyama Venâncio ; Márcia Cristina Guerreiro dos Reis ;Revista de Saúde Pública 2013, 47 6

Author: Adriana Passanha

Source: http://www.redalyc.org/


Teaser



Revista de Saúde Pública ISSN: 0034-8910 revsp@usp.br Universidade de São Paulo Brasil Passanha, Adriana; D’Aquino Benício, Maria Helena; Isoyama Venâncio, Sônia; Guerreiro dos Reis, Márcia Cristina Implantação da Rede Amamenta Brasil e prevalência de aleitamento materno exclusivo Revista de Saúde Pública, vol.
47, núm.
6, diciembre, 2013, pp.
1141-1148 Universidade de São Paulo São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=67240209013 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Rev Saúde Pública 2013;47(6):1141-8 Prática de Saúde Pública Artigos Originais Adriana PassanhaI Implantação da Rede Amamenta Brasil e prevalência de aleitamento materno exclusivo Maria Helena D’Aquino BenícioI Sônia Isoyama VenâncioII Márcia Cristina Guerreiro dos ReisIII DOI:10.1590-S0034-8910.2013047004807 Implementation of the Brazilian Breastfeeding Network and prevalence of exclusive breastfeeding RESUMO OBJETIVO: Analisar a associação entre grau de implantação da Rede Amamenta Brasil e prevalência de aleitamento materno exclusivo. MÉTODOS: Estudo transversal, com amostra representativa de 916 crianças 6 meses em Ribeirão Preto, SP, em 2011.
Foram coletados dados sobre aleitamento materno, local de acompanhamento ambulatorial e demais características, durante a Campanha Nacional de Vacinação.
O fator de estudo correspondeu ao local de acompanhamento ambulatorial: Privado; Público não Rede; Público com Oficina da Rede; e Público certificado na Rede.
O efeito individualizado do fator de estudo sobre o desfecho foi avaliado mediante análise de regressão de Poisson com variância robusta. I Programa de Pós-Graduação em Nutrição em Saúde Pública.
Departamen...





Related documents