Mortalidade perinatal no município de salvador, bahia: evolução de 2000 a 2009 Report as inadecuate




Mortalidade perinatal no município de salvador, bahia: evolução de 2000 a 2009 - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Estela M L. Aquino ; Eduardo Luiz Andrade Mota ;Revista de Saúde Pública 2013, 47 5

Author: Elsa Jacinto

Source: http://www.redalyc.org/


Teaser



Revista de Saúde Pública ISSN: 0034-8910 revsp@usp.br Universidade de São Paulo Brasil Jacinto, Elsa; Aquino, Estela M L.; Andrade Mota, Eduardo Luiz Mortalidade perinatal no município de Salvador, Bahia: evolução de 2000 a 2009 Revista de Saúde Pública, vol.
47, núm.
5, octubre, 2013, pp.
846-853 Universidade de São Paulo São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=67240208002 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Rev Saúde Pública 2013;47(5):846-53 Artigos Originais Elsa JacintoI Mortalidade perinatal no município de Salvador, Bahia: evolução de 2000 a 2009 Estela M L AquinoII Eduardo Luiz Andrade MotaIII DOI:10.1590-S0034-8910.2013047004528 Perinatal mortality in the municipality of Salvador, Northeastern Brazil: evolution from 2000 to 2009 RESUMO Objetivo: Analisar a evolução da mortalidade perinatal quanto à dimensão do problema e sua extensão. Métodos: Estudo descritivo de tendência temporal com 10.994 óbitos perinatais, de mães residentes em Salvador, BA, com idade gestacional ≥ 22 semanas, idade do recém-nascido até seis dias e 500 g ou mais de peso ao nascer, registrados de 2000 a 2009.
Utilizaram-se dados do Sistema de Informações de Nascidos Vivos e do Sistema de Informações sobre Mortalidade do sitio eletrônico do Datasus-Ministério da Saúde. Calcularam-se taxas de mortalidade perinatal e fetal-1.000 nascimentos e neonatal precoce-1.000 nascidos vivos.
Aplicaram-se: teste Qui-quadrado de Pearson para diferenças em proporções, teste de sequências (runs), cálculo de médias móveis e coeficiente de determinação linear (R2) para análise de tendência.
Utilizou-se a classificação de Wigglesworth para causas de morte. I Program...





Related documents