O conhecimento científico e tecnológico como evidência para políticas e atividades regulatórias em saúde Report as inadecuate




O conhecimento científico e tecnológico como evidência para políticas e atividades regulatórias em saúde - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Ciência & Saúde Coletiva 2004, 9 2

Author: Maurício L. Barreto

Source: http://www.redalyc.org/


Teaser



Ciência & Saúde Coletiva ISSN: 1413-8123 cecilia@claves.fiocruz.br Associação Brasileira de Pós-Graduação em Saúde Coletiva Brasil Barreto, Maurício L. O conhecimento científico e tecnológico como evidência para políticas e atividades regulatórias em saúde Ciência & Saúde Coletiva, vol.
9, núm.
2, abril-junio, 2004, pp.
329-338 Associação Brasileira de Pós-Graduação em Saúde Coletiva Rio de Janeiro, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=63042999010 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto 329 Scientific and technological knowledge as evidence for policies and regulatory activities in health Maurício L.
Barreto 1 * Este artigo é resultado de reflexões feitas para apresentação no 8o Seminário Temático A Contribuição da Epidemiologia para a Vigilância Sanitária, Projeto de Cooperação Técnica ISC-Anvisa. 1 Instituto de Saúde Coletiva-UFBa. Rua Padre Feijó 29, Canela, 40110-170, Salvador BA. mauricio@ufba.br Abstract In the last decades, significant changes in the occidental model of State have been observed.
There is a clear trend towards reduction in the State direct role on social and economic activities.
At the same time, an increasing participation in policy-making and regulation affairs is observed.
In this context, there is a growing concern that scientific knowledge is necessary to subsidize the so complex State decision-making process in the large range of health-related matters.
It is expected more effective decisions with great benefices to the population health and less social or economic costs.
As consequence, it is increasing the participation of the State as consumer of the results of the scientific activities.
The idea of an evidence-based poli...





Related documents