O agir em saúde da família: as condições existentes e necessárias para a interação e a troca de conhecimentos na prática profissional Report as inadecuate




O agir em saúde da família: as condições existentes e necessárias para a interação e a troca de conhecimentos na prática profissional - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Domingos Leite Lima Filho ;Ciência & Saúde Coletiva 2011, 16 3

Author: Maria Glícia Rocha da Costa e Silva Noronha

Source: http://www.redalyc.org/


Teaser



Ciência & Saúde Coletiva ISSN: 1413-8123 cecilia@claves.fiocruz.br Associação Brasileira de Pós-Graduação em Saúde Coletiva Brasil Rocha da Costa e Silva Noronha, Maria Glícia; Leite Lima Filho, Domingos O agir em Saúde da Família: as condições existentes e necessárias para a interação e a troca de conhecimentos na prática profissional Ciência & Saúde Coletiva, vol.
16, núm.
3, marzo, 2011, pp.
1745-1754 Associação Brasileira de Pós-Graduação em Saúde Coletiva Rio de Janeiro, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=63018467011 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto 1745 The acting in Family Health: the existing and necessary conditions for the interaction and knowledge exchange among the professionals Maria Glícia Rocha da Costa e Silva Noronha 1 Domingos Leite Lima Filho 2 1 Prefeitura de Curitiba. Av.
Manoel Ribas 2.727, Mercês.
80010-030 Curitiba PR. mglicia@gmail.com 2 Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Abstract This paper describes the main conclusions of a research developed from 2005 to 2007 in the Family Health Unit Jardim Pinheiro, in the Sanitary District of Santa Felicidade, Curitiba (PR, Brazil).
It was investigated the existing and necessary conditions for the interaction and the knowledge exchange among the professionals of the Family’s Health Program (PSF) teams.
A descriptive qualitative study has been accomplished, using a half structuralized interview and direct observation as methods of data collection.
It has become clear that the investigated PSF’s establishment was spread by collective discussion between the directly involved professionals, an evident fact in statements that reveal doubt and insecurity to the introduction of the p...





Related documents