Trabalho doméstico e emprego doméstico: atribuições de gênero marcadas pela desigualdade Report as inadecuate




Trabalho doméstico e emprego doméstico: atribuições de gênero marcadas pela desigualdade - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Revista Bioética 2008, 16 2

Author: Dora Porto

Source: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=361533247011


Teaser



Revista Bioética ISSN: 1943-8042 bioetica@portalmedico.org.br Conselho Federal de Medicina Brasil Porto, Dora Trabalho doméstico e emprego doméstico: atribuições de gênero marcadas pela desigualdade Revista Bioética, vol.
16, núm.
2, 2008, pp.
287-303 Conselho Federal de Medicina Brasília, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=361533247011 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Trabalho doméstico e emprego doméstico: atribuições de gênero marcadas pela desigualdade Dora Porto Resumo Este artigo decorrente de pesquisa volta-se ao campo da bioética social aplicada à saúde coletiva, e levanta a discussão sobre as características do trabalho doméstico, milenarmente exercido pelas mulheres, estabelecendo a relação entre esta atividade e a profissão de empregada doméstica.
A condição de vida das mulheres, em geral, e as relações trabalhistas a que estão submetidas aquelas expostas ao emprego doméstico são discutidas à luz da bioética social, especificamente pela Bioética de Intervenção, enfatizando o jogo de forças que mantém essas relações de poder.
São apontadas as conseqüências dessa situação em termos de saúde e adoecimento, principalmente para os segmentos mais pobres, concluindo que no Brasil a desigualdade no acesso à qualidade de vida é decorrência da sistematização da injustiça de gênero, cor e classe social. Palavras-chave: Discriminação.
Gênero.
Racismo.
Desigualdade de classe.
Trabalho doméstico. Empregada doméstica. Dora Porto Antropóloga, especialista e doutora em Bioética pela Universidade de Brasília (UnB), integrante do Comitê Assessor da RedBioética-Unesco, 3 vice-presidente da Sociedade Brasileira de Bioética (2007-09),...





Related documents