Micropolítica do trabalho dos profissionais de saúde na ubs: visão sobre necessidades de saúde das famílias Report as inadecuate




Micropolítica do trabalho dos profissionais de saúde na ubs: visão sobre necessidades de saúde das famílias - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Emiko Yoshikawa Egry ;Revista da Escola de Enfermagem da USP 2012, 46 3

Author: Ana Paula Graziano

Source: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=361033317016


Teaser



Red de Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal Sistema de Información Científica Graziano, Ana Paula; Yoshikawa Egry, Emiko Micropolítica do trabalho dos profissionais de saúde na UBS: visão sobre necessidades de saúde das famílias Revista da Escola de Enfermagem da USP, vol.
46, núm.
3, junio, 2012, pp.
650-656 Universidade de São Paulo São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=361033317016 Revista da Escola de Enfermagem da USP, ISSN (Versão impressa): 0080-6234 reeusp@usp.br Universidade de São Paulo Brasil Como citar este artigo Número completo Mais informações do artigo Site da revista www.redalyc.org Projeto acadêmico não lucrativo, desenvolvido pela iniciativa Acesso Aberto The micropolitics of the work of health professionals in health centers: regarding the health needs of families Artigo Original Micropolítica do trabalho dos profissionais de saúde na UBS: visão sobre necessidades de saúde das famílias Micropolítica del trabajo de profesionales de salud en la UBS: visión sobre necesidades de salud de las familias Ana Paula Graziano1, Emiko Yoshikawa Egry2 resumo Abstract Resumen descritores descriptors descriptores Este estudo teve como objetivo compreender as potencialidades e limitações do processo de trabalho da enfermagem de uma Unidade Básica de Saúde para o reconhecimento das necessidades de saúde da população.
A vertente metodológica utilizada foi a pesquisa social, na perspectiva qualitativa, tendo como base de análise dos discursos a hermêutica-dialética, e como alicerce a Teoria da Interpretação Práxica da Enfermagem em Saúde Coletiva.
Os dados foram coletados por meio da entrevista semiestruturada e os processos de trabalho das equipes foram analisados através do Fluxograma Analisador do Modelo de Atenção de um Serviço de Saúde. Concluiu-se que há limitações no cotidiano do processo de trabalho da equipe de enfermagem ...





Related documents