Pensar o homem como corpo: a cunhagem simbólica em portugal e espanha século 19 Report as inadecuate




Pensar o homem como corpo: a cunhagem simbólica em portugal e espanha século 19 - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Maria Leal Gonçalves ; José Hernandez Dias ;Revista História da Educação 2014, 18 43

Author: José Viegas Brás

Source: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=321630678007


Teaser



Revista História da Educação ISSN: 1414-3518 rhe.asphe@gmail.com Associação Sul-Rio-Grandense de Pesquisadores em História da Educação Brasil Viegas Brás, José; Leal Gonçalves, Maria; Hernandez Dias, José PENSAR O HOMEM COMO CORPO: A CUNHAGEM SIMBÓLICA EM PORTUGAL E ESPANHA (SÉCULO 19) Revista História da Educação, vol.
18, núm.
43, mayo-agosto, 2014, pp.
109-126 Associação Sul-Rio-Grandense de Pesquisadores em História da Educação Rio Grande do Sul, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=321630678007 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto 109 PENSAR O HOMEM COMO CORPO: A CUNHAGEM SIMBÓLICA EM PORTUGAL E ESPANHA (SÉCULO 19) José Viegas Brás Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, Portugal. Maria Leal Gonçalves Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, Portugal. José Hernandez Dias Universidad de Salamanca, Espanha.   Resumo Neste artigo investigamos a construção do corpo pelos manuais de civilidade publicados em Portugal e em Espanha no século 19.
Os manuais de civilidade constituíram um mecanismo de poder-saber disciplinador da burguesia em ascensão eque marcaram certo processo de subjectivação.
A partir do corpo estabeleceu-se uma nova ordem, que elevou o orgânico ao funcional e simbólico, em sintonia com a classe burguesa em ascensão, e que buscou orientar cada indivíduo a constituir-se como um sujeito moral, dando-lhe distinção e prestígio. Palavras-chave: corpo, história, manuais, civilidade. THINKING MAN AS BODY: SYMBOLIC COINAGE IN PORTUGAL AND SPAIN (19TH CENTURY) Abstract In this paper, we study the construction of the body through civility course books published in Portugal and Spain in the 19th century.
The c...





Related documents