A pesquisa francesa em história da educação: testemunho de um autor. entrevista com pierre caspard Report as inadecuate




A pesquisa francesa em história da educação: testemunho de um autor. entrevista com pierre caspard - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Maria Stephanou ; Maria Helena Camara Bastos ;Revista História da Educação 2014, 18 42

Author: Pierre Caspard

Source: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=321629404013


Teaser



Revista História da Educação ISSN: 1414-3518 rhe.asphe@gmail.com Associação Sul-Rio-Grandense de Pesquisadores em História da Educação Brasil Caspard, Pierre; Stephanou, Maria; Camara Bastos, Maria Helena A PESQUISA FRANCESA EM HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO: TESTEMUNHO DE UM AUTOR. Entrevista com Pierre Caspard Revista História da Educação, vol.
18, núm.
42, enero-abril, 2014, pp.
215-229 Associação Sul-Rio-Grandense de Pesquisadores em História da Educação Rio Grande do Sul, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=321629404013 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto 215 A PESQUISA FRANCESA EM HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO: TESTEMUNHO DE UM AUTOR Entrevista com Pierre Caspard Pierre Caspard Service d’Histoire de l’Éducation, França. Maria Stephanou Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Brasil. Maria Helena Camara Bastos Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Brasil.   Como aconteceu, na sua trajetória, seu encontro com a história da educação? Este encontro foi, de certa forma, acidental.
Inicialmente, meu interesse foi pela história econômica e social e remonta à época em que eu era aluno da Escola Normal Superior - ENS - em Paris, entre 1966 e 1971.
Naquela época, alguns paradigmas maiores das ciências sociais eram tomados do marxismo.
Muitos historiadores franceses notáveis, dos anos 1960, eram ou tinham sido membros do Partido Comunista mas, de maneira mais ampla, as classes sociais, os modos de produção, o desenvolvimento econômico e as crises figuravam entre os objetos de análise privilegiados pela pesquisa histórica.
Os fatos culturais eram, por sua vez, relegados a um terceiro nível da análise, provenientes do social, segundo ní...





Related documents