Do sublime e do grotesco: a obscenidade em hilda hilst Report as inadecuate




Do sublime e do grotesco: a obscenidade em hilda hilst - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Acta Scientiarum. Language and Culture 2016, 38 3

Author: Jo A-mi

Source: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=307446626008


Teaser



Acta Scientiarum.
Language and Culture ISSN: 1983-4675 eduem@uem.br Universidade Estadual de Maringá Brasil A-mi, Jo Do sublime e do grotesco: a obscenidade em Hilda Hilst Acta Scientiarum.
Language and Culture, vol.
38, núm.
3, julio-septiembre, 2016, pp.
291299 Universidade Estadual de Maringá Maringá, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=307446626008 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Acta Scientiarum http:--www.uem.br-acta ISSN printed: 1983-4675 ISSN on-line: 1983-4683 Doi: 10.4025-actascilangcult.v38i3.31147 Do sublime e do grotesco: a obscenidade em Hilda Hilst Jo A-mi 1 Instituto de Humanidades e Letras, Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira, Av.
da Abolição, 3, 62790-000, Redenção, Ceará, Brasil.
E-mail: joami@unilab.edu.br RESUMO.
Este trabalho tem por objetivo tratar da relação dialógica entre sublime e grotesco na obra A obscena Senhora D, de Hilda Hilst, tendo por base sua condição de ficção contemporânea permeada por recondicionamentos da língua em sua performance no tempo não linear.
Nesse sentido, utilizou-se dos estudos sobre o sublime, como conceito histórico e filosófico-literário, nas obras de Longino, Edmund Burke, Immanuel Kant, Victor Hugo e François Lyotard.
Das questões referentes às discussões sobre o grotesco e sua interlocução com os caminhos do sublime, tiveram relevante importância os trabalhos de Mikhail Bakhtin e Michel Maffesoli - na relação poético-obscena da obra, debatida em conceitos convergentes, como obscenidade, erotismo, sagrado e profano.
Dessas análises, concluiu-se que, em A obscena Senhora D, o sublime e o grotesco evidenciam-se num caráter multifacetado, contraditório, interl...





Related documents