Fatores que influenciam a adesão de pacientes com câncer à terapia antineoplásica oral Report as inadecuate




Fatores que influenciam a adesão de pacientes com câncer à terapia antineoplásica oral - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Angela Maria Geraldo Pierin ;Acta Paulista de Enfermagem 2008, 21 2

Author: Patrícia Andréa Crippa Marques

Source: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=307023824015


Teaser



Acta Paulista de Enfermagem ISSN: 0103-2100 ape@unifesp.br Escola Paulista de Enfermagem Brasil Crippa Marques, Patrícia Andréa; Geraldo Pierin, Angela Maria Fatores que influenciam a adesão de pacientes com câncer à terapia antineoplásica oral Acta Paulista de Enfermagem, vol.
21, núm.
2, 2008, pp.
323-329 Escola Paulista de Enfermagem São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=307023824015 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Artigo Original Fatores que influenciam a adesão de pacientes com câncer à terapia antineoplásica oral* Factors that affect cancer patient compliance to oral anti-neoplastic therapy Factores que influyen en la adhesión de pacientes con cáncer a la terapia antineoplásica oral Patrícia Andréa Crippa Marques1, Angela Maria Geraldo Pierin2 RESUMO Objetivos: Identificar fatores associados à adesão ao tratamento com drogas de ação antineoplásica por via oral em pacientes com câncer. Métodos: Foram entrevistados 61 pacientes com câncer sob terapia antineoplásica via oral em hospital particular, com a aplicação de instrumentos para avaliar a adesão.
Resultados: A maioria dos pacientes (95%) referiu que o tratamento oral não é difícil.
O Teste Morisky e Green foi positivo em 28% dos pacientes.
Os fatores que podem influenciar a realização do tratamento se associaram de forma significativa (p 0,05) com a variável tempo, os pacientes que apresentaram mais dificuldade, tinham mais tempo de tratamento.
Conclusões: Os pacientes apresentaram atitudes positivas frente ao tratamento com medicamentos antineoplásicos orais, porém foram considerados não aderentes em 28% no Teste Morisky e Green. Descritores: Neoplasias-quimioterapia, Antineoplá...





Related documents