Intoxicações exógenas em crianças atendidas em uma unidade de emergência pediátrica Report as inadecuate




Intoxicações exógenas em crianças atendidas em uma unidade de emergência pediátrica - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Betise Mery Alencar Furtado ; Cristine Bonfim ;Acta Paulista de Enfermagem 2008, 21 2

Author: Juliana Lourenço

Source: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=307023824008


Teaser



Acta Paulista de Enfermagem ISSN: 0103-2100 ape@unifesp.br Escola Paulista de Enfermagem Brasil Lourenço, Juliana; Alencar Furtado, Betise Mery; Bonfim, Cristine Intoxicações exógenas em crianças atendidas em uma unidade de emergência pediátrica Acta Paulista de Enfermagem, vol.
21, núm.
2, 2008, pp.
282-286 Escola Paulista de Enfermagem São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=307023824008 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Artigo Original Intoxicações exógenas em crianças atendidas em uma unidade de emergência pediátrica* Exogenic poisoning in children assisted in a pediatric emergency unit Intoxicaciones exógenas en niños atendidos en una unidad de emergencia pediátrica Juliana Lourenço1, Betise Mery Alencar Furtado2, Cristine Bonfim3 RESUMO Objetivo: Descrever as características epidemiológicas dos casos de intoxicações exógenas em crianças atendidas em uma unidade de emergência pediátrica do Recife (PE), no período de abril a setembro de 2006.
Métodos: Estudo descritivo dos casos de intoxicações exógenas ocorridos em crianças na faixa etária de 0 a 12 anos de idade notificados no Centro de Assistência Toxicológica de Pernambuco.
Os dados foram coletados através de entrevistas e consultas às fichas de atendimento hospitalar.Resultados: Foram registrados 26 casos de intoxicação exógena acidental.
Predominou o sexo masculino (65,4%) e a faixa etária dos menores de cinco anos de idade foi a mais acometida (65,4%).
Os medicamentos estavam envolvidos em 50,0% dos casos.
Conclusão: A intoxicação exógena acidental de crianças, sobretudo em menores de cinco anos é um problema de saúde pública que requer medidas preventivas para evitar su...





Related documents