Capacitação de profissionais da atenção primária à saúde para educação em diabetes mellitus Report as inadecuate




Capacitação de profissionais da atenção primária à saúde para educação em diabetes mellitus - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Marta Araujo Amaral ; Maria Marta Amorim ; Antonio Pithon Cyrino ; Regina Bodstein ;Acta Paulista de Enfermagem 2010, 23 6

Author: Heloisa de Carvalho Torres

Source: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=307023868006


Teaser



Acta Paulista de Enfermagem ISSN: 0103-2100 ape@unifesp.br Escola Paulista de Enfermagem Brasil de Carvalho Torres, Heloisa; Araujo Amaral, Marta; Amorim, Maria Marta; Pithon Cyrino, Antonio; Bodstein, Regina Capacitação de profissionais da atenção primária à saúde para educação em Diabetes Mellitus Acta Paulista de Enfermagem, vol.
23, núm.
6, 2010, pp.
751-756 Escola Paulista de Enfermagem São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=307023868006 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Artigo Original Capacitação de profissionais da atenção primária à saúde para educação em Diabetes Mellitus* Training of professionals, acting in primary health care, in Diabetes Mellitus education Capacitación, de profesionales que actúan en la atención primaria a la salud, en educación en Diabetes Mellitus Heloisa de Carvalho Torres1,Marta Araujo Amaral2, Maria Marta Amorim3, Antonio Pithon Cyrino4, Regina Bodstein5 RESUMO Objetivo: Apresentar o delineamento das oficinas educativas em Diabetes Mellitus e uma estratégia avaliativa voltada à atualização dos profissionais de saúde da atenção primária.
Métodos: As oficinas foram implementadas, utilizando metodologia participativa, técnicas lúdicas, vivências e dinâmicas de grupo, envolvendo a participação de 85 profissionais de saúde das Unidades Básicas de Saúde de Belo Horizonte-MG.
Os conhecimentos sobre a doença e as competências requeridas para o autocuidado foram aferidos mediante a aplicação de instrumento especifico.
As oficinas foram avaliadas com base em instrumento próprio.
Resultados: Foram observadas limitações no conhecimento dos profissionais centrados na fisiopatologia e nos exames complementares ...





Related documents