O estranhamento como matriz estética em brava gente brasileira, de lúcia murat Report as inadecuate




O estranhamento como matriz estética em brava gente brasileira, de lúcia murat - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Valquiria Rodrigues Reis Tomaim ;DiálogosRevista do Departamento de História e do Programa de Pós-Graduação em História 2013, 17 3

Author: Cássio dos Santos Tomaim

Source: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=305529845017


Teaser



Diálogos - Revista do Departamento de História e do Programa de Pós-Graduação em História ISSN: 1415-9945 rev-dialogos@uem.br Universidade Estadual de Maringá Brasil dos Santos Tomaim, Cássio; Rodrigues Reis Tomaim, Valquiria O estranhamento como matriz estética em Brava Gente Brasileira, de Lúcia Murat Diálogos - Revista do Departamento de História e do Programa de Pós-Graduação em História, vol. 17, núm.
3, septiembre-diciembre, 2013, pp.
1193-1215 Universidade Estadual de Maringá Maringá, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=305529845017 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Diálogos (Maringá.
Online), v.
17, n.3, p.
1193-1215, set.-dez.-2013. DOI 10.4025-dialogos.v17i3.811 O estranhamento como matriz estética em Brava Gente Brasileira, de Lúcia Murat* Cássio dos Santos Tomaim** Valquiria Rodrigues Reis Tomaim*** Resumo.
Na análise de Brava Gente Brasileira (2000), de Lúcia Murat, procuramos compreender como o filme tratou o choque cultural entre os povos indígenas e os colonizadores portugueses no Brasil do século XVIII, tendo o estranhamento como matriz estética.
O filme apresenta uma abordagem mais respeitosa com a figuração dos índios, contrapondo-se às imagens hegemônicas do bom e do mau selvagem presentes tanto na literatura quanto no cinema nacional. Palavras-chave: Estranhamento; Diferenças culturais; Cinema brasileiro; Povos indígenas; Lúcia Murat. Uncanniness as the aesthetic matrix of Lúcia Murat´s Brava Gente Brasileira Abstract.
An analysis of Lucia Murat´s Brava Gente Brasileira (2000) brings to the fore the cultural encounter between indigenous peoples and Portuguese colonizers in Brazil in the 18th century.
The hallmark is uncanniness...





Related documents