Distinção teórico-clínica entre depressão, luto e melancolia Report as inadecuate




Distinção teórico-clínica entre depressão, luto e melancolia - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Rogerio Robbe Quintella ; Julio Sergio Verztman ;Psicologia Clínica 2010, 22 2

Author: Maria Teresa da Silveira Pinheiro

Source: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=291022025010


Teaser



Psicologia Clínica ISSN: 0103-5665 psirevista@puc-rio.br Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro Brasil da Silveira Pinheiro, Maria Teresa; Robbe Quintella, Rogerio; Verztman, Julio Sergio Distinção teórico-clínica entre depressão, luto e melancolia Psicologia Clínica, vol.
22, núm.
2, 2010, pp.
147-168 Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro Rio De Janeiro, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=291022025010 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto issn 0103-5665 • 147 Distinção teórico-clínica entre depressão, luto e melancolia Maria Teresa da Silveira Pinheiro* Rogerio Robbe Quintella** Julio Sergio Verztman*** Resumo Este artigo aborda os principais aspectos da depressão, na contemporaneidade, visando distingui-la do luto e da melancolia.
Para isso, tomamos como eixo teórico a noção, por nós postulada, de crença narcísica (objeto por excelência do tipo de sintoma depressivo aqui abordado).
Procuramos demonstrar que a presença hegemônica da crença narcísica na subjetivação pode levar a uma forma de reação à perda que se distingue tanto do luto quanto da melancolia.
Este tipo de depressão apresenta-se como uma das principais formas de sofrimento psíquico que aparecem na clínica psicanalítica contemporânea. Palavras-chave: depressão; crença narcísica; luto; melancolia; contemporaneidade. Abstract Theoretical-clinical distinction between depression, mourning and melancholy. This article approaches the main aspects of depression on contemporaneity and aims to distinguish it from mourning and melancholy.
For this we take as theoretical axis the notion, by us postulated, of narcisic belief, object by excellence of the depressive...





Related documents