A caverna: um retrato literário da inserção do sujeito no emergente modelo de produção moderno Report as inadecuate




A caverna: um retrato literário da inserção do sujeito no emergente modelo de produção moderno - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Cássio Adriano Braz de Aquino ; Luciana Lobo Miranda ;Psicologia Clínica 2010, 22 2

Author: Monalisa Pontes Xavier

Source: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=291022025009


Teaser



Psicologia Clínica ISSN: 0103-5665 psirevista@puc-rio.br Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro Brasil Pontes Xavier, Monalisa; Braz de Aquino, Cássio Adriano; Lobo Miranda, Luciana A caverna: um retrato literário da inserção do sujeito no emergente modelo de produção moderno Psicologia Clínica, vol.
22, núm.
2, 2010, pp.
131-145 Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro Rio De Janeiro, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=291022025009 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto issn 0103-5665 • 131 A caverna: um retrato literário da inserção do sujeito no emergente modelo de produção moderno Monalisa Pontes Xavier* Cássio Adriano Braz de Aquino** Luciana Lobo Miranda*** Resumo O presente texto realiza uma leitura da obra A caverna, de José Saramago, buscando a interface dessa produção com questões concernentes à Psicologia.
Mais especificamente, a relação entre o trabalho e sua influência no processo de produção de subjetividades. Com base na realidade literária retratada, o ensaio levanta questões relativas ao advento da Modernidade (período histórico em que a narrativa se passa); a inserção do sujeito nessa nova época, caracterizada pelo modelo industrial de produção; e seu estabelecimento como modo de vida predominante das sociedades modernas.
O cenário de transição para uma nova ordem social contextualiza o drama da família Algor.
Além disso, aborda as metamorfoses sofridas pelo trabalho e que são impostas ao trabalhador, em virtude da organização sócio-histórica então emergente. Palavras-chave: A caverna; trabalho; subjetividade; sociedades modernas. * Professora assistente do Curso de Psicologia da Universidade...





Related documents