Caracterização biológica e molecular de amostras brasileiras do vírus da laringotraqueíte infecciosa Report as inadecuate




Caracterização biológica e molecular de amostras brasileiras do vírus da laringotraqueíte infecciosa - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Acta Scientiae Veterinariae 2008, 36 3

Author: CRISTIANA PORTZ

Source: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=289021806021


Teaser



Acta Scientiae Veterinariae ISSN: 1678-0345 ActaSciVet@ufrgs.br Universidade Federal do Rio Grande do Sul Brasil PORTZ, CRISTIANA Caracterização biológica e molecular de amostras brasileiras do vírus da laringotraqueíte infecciosa Acta Scientiae Veterinariae, vol.
36, núm.
3, 2008, pp.
313-314 Universidade Federal do Rio Grande do Sul Porto Alegre, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=289021806021 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Acta Scientiae Veterinariae.
36(3): 313-314, 2008. RESUMO DE TESE Caracterização biológica e molecular de amostras brasileiras do vírus da laringotraqueíte infecciosa* CRISTIANA PORTZ Cláudio Wageck Canal (Orientador - UFRGS) Banca: Clarice Weiss Arns (UNICAMP), Nilo Ikuta (Simbios-ULBRA), Luciane Terezinha Lovato (UFSM) Atualmente, o Brasil é o segundo maior produtor e exportador mundial de frango.
Doenças respiratórias compreendem o principal problema sanitário e levam à condenação de um grande número de carcaças, além de perdas na produtividade. Dentre esses problemas, o vírus da laringotraqueíte infecciosa (ILTV) tem adquirido grande importância nos últimos anos, devido a surtos da doença clínica, como em Bastos (SP), em 2002.
Mais recentemente, o ILTV vem sendo isolado de galinhas e perus das regiões Sudeste-Sul do Brasil.
Dando continuidade aos trabalhos desenvolvidos no laboratório, um isolado de peru foi inoculado experimentalmente em galinhas e perus susceptíveis, reproduzindo a doença de forma branda em ambas as espécies.
Também foram testados diferentes cultivos celulares de linhagem CER, CEC-32, HD11, Vero e um primário de embrião de galinha para a efetiva replicação do VLTI, com o propósito de aumentar o títu...





Related documents