Relação entre criatividade, inteligência e autoconceito em alunos monolíngües e bilíngües Report as inadecuate




Relação entre criatividade, inteligência e autoconceito em alunos monolíngües e bilíngües - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Denise de Souza Fleith ;Psicologia Escolar e Educacional 2005, 9 1

Author: Patrícia Villa da Costa Ferreira Mendonça

Source: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=282321815006


Teaser



Psicologia Escolar e Educacional ISSN: 1413-8557 revistaabrapee@yahoo.com.br Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional Brasil Villa da Costa Ferreira Mendonça, Patrícia; de Souza Fleith, Denise RELAÇÃO ENTRE CRIATIVIDADE, INTELIGÊNCIA E AUTOCONCEITO EM ALUNOS MONOLÍNGÜES E BILÍNGÜES Psicologia Escolar e Educacional, vol.
9, núm.
1, 2005, pp.
59-70 Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional Paraná, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=282321815006 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Psicologia Escolar e Educacional, 2005 Volume 9 Número 1 59-70 RELAÇÃO ENTRE CRIATIVIDADE, INTELIGÊNCIA E AUTOCONCEITO EM ALUNOS MONOLÍNGÜES E BILÍNGÜES BILINGÜISMO E CRIATIVIDADE Patrícia Villa da Costa Ferreira Mendonça 1 Denise de Souza Fleith2 Resumo Este estudo teve como objetivo estudar a relação entre criatividade, inteligência e autoconceito em alunos bilíngües e monolíngües.
Participaram deste estudo 269 alunos, do gênero masculino e feminino, adolescentes e adultos, de uma instituição particular de ensino de língua inglesa, localizada em Brasília.
Os instrumentos utilizados foram o Teste Torrance de Pensamento Criativo - TTCT, Teste Não-Verbal de Raciocínio para Adultos TNVRA e Escala Fatorial de Autoconceito - EFA.
Os alunos bilíngües apresentaram escores superiores nas medidas de criatividade verbal e figurativa e de inteligência quando comparados aos alunos monolíngües.
Os resultados indicaram, ainda, que os alunos do gênero masculino apresentaram escores superiores aos do gênero feminino apenas na medida de originalidade verbal.
Não foram observadas diferenças entre adolescentes e adultos em relação à criatividade, ...





Related documents