As queixas escolares na compreensão de educadoras de escolas públicas e privadas Report as inadecuate




As queixas escolares na compreensão de educadoras de escolas públicas e privadas - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Nilza Sanches Tessaro Leonardo ;Psicologia Escolar e Educacional 2011, 15 2

Author: Cristiane Toller Bray

Source: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=282321817007


Teaser



Psicologia Escolar e Educacional ISSN: 1413-8557 revistaabrapee@yahoo.com.br Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional Brasil Toller Bray, Cristiane; Sanches Tessaro Leonardo, Nilza As queixas escolares na compreensão de educadoras de escolas públicas e privadas Psicologia Escolar e Educacional, vol.
15, núm.
2, julio-diciembre, 2011, pp.
251-261 Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional Paraná, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=282321817007 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto As queixas escolares na compreensão de educadoras de escolas públicas e privadas Cristiane Toller Bray Nilza Sanches Tessaro Leonardo Resumo Este estudo verificou a compreensão de educadores de escolas públicas e privadas acerca das dificuldades enfrentadas no processo de escolarização, fenômeno conhecido por queixa escolar.
Para tanto, foram entrevistadas vinte e quatro educadoras, constituindo dois grupos: G1- educadoras de duas escolas privadas, e G2- educadoras de duas escolas públicas.
As entrevistas foram examinadas mediante análise de conteúdo e organizadas em categorias.
Foi realizado um exercício de análise marxista, pois buscamos consonância com o referencial teórico utilizado: a Psicologia Histórico-Cultural, que possui como base metodológica o Materialismo Histórico-Dialético.
Os resultados revelaram que, nos dois grupos (G1 e G2), as educadoras partem do pressuposto de que as queixas escolares estão diretamente relacionadas apenas com os alunos.
Desta forma, as participantes desconsideram que a queixa-fracasso escolar seja produzida no interior da escola e entendem esta diretamente associada à organização e à estrutura social. Palavras-chave:...





Related documents