Micropolítica e o exercício da pesquisaintervenção: referenciais e dispositivos em análise Report as inadecuate




Micropolítica e o exercício da pesquisaintervenção: referenciais e dispositivos em análise - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Marisa Lopes da Rocha ;Psicologia Ciência e Profissão 2007, 27 4

Author: Katia Faria de Aguiar

Source: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=282021759007


Teaser



Psicologia Ciência e Profissão ISSN: 1414-9893 revista@pol.org.br Conselho Federal de Psicologia Brasil Faria de Aguiar, Katia; Lopes da Rocha, Marisa Micropolítica e o Exercício da Pesquisaintervenção: Referenciais e Dispositivos em Análise Psicologia Ciência e Profissão, vol.
27, núm.
4, 2007, pp.
648-663 Conselho Federal de Psicologia Brasília, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=282021759007 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto 648 Micropolítica e o Exercício da Pesquisaintervenção: Referenciais e Dispositivos em Análise Micro-politics and the practice of intervention-research: References and devices in analysis Katia Faria de Aguiar Universidade Federal Fluminense Marisa Lopes da Rocha Artigo Universidade do Estado do Rio de Janeiro PSICOLOGIA CIÊNCIA E PROFISSÃO, 2007, 27 (4), 648-663 649 PSICOLOGIA CIÊNCIA E PROFISSÃO, 2007, 27 (4), 648-663 Resumo: Este trabalho tem como objetivo o aprofundamento da discussão dos referenciais da pesquisa-intervenção como uma investigação participativa que busca a interferência coletiva na produção de micropolíticas de transformação social.
Inicialmente, destacamos algumas polêmicas que envolvem tanto os referenciais cientificistas clássicos quanto os denominados críticos, que emergem a partir de 1970 para fundamentar pesquisas comunitárias e educacionais nas ciências humanas e sociais.
Pretendemos apontar seus limites na análise das instituições e na contribuição para mudanças das práticas.
A seguir, procedemos ao exame dos conceitos de real e de pensamento, dando suporte à proposta da pesquisa-intervenção.
Tais conceitos serão discutidos a partir da perspectiva genealógica, para colocar em discu...





Related documents