Promoção e educação em saúde: uma análise epistemológica Report as inadecuate




Promoção e educação em saúde: uma análise epistemológica - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Daniela Ribeiro Schneider ; Tatiane Muniz Barbosa ; Marco Aurélio Da Ros ;Psicologia Ciência e Profissão 2013, 33 3

Author: Inea Giovana Silva-Arioli

Source: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=282028779012


Teaser



Psicologia Ciência e Profissão ISSN: 1414-9893 revista@pol.org.br Conselho Federal de Psicologia Brasil Silva-Arioli, Inea Giovana; Ribeiro Schneider, Daniela; Muniz Barbosa, Tatiane; Aurélio Da Ros, Marco Promoção e Educação em Saúde: Uma Análise Epistemológica Psicologia Ciência e Profissão, vol.
33, núm.
3, 2013, pp.
672-687 Conselho Federal de Psicologia Brasília, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=282028779012 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto 672 672 Promoção e Educação em Saúde: Uma Análise Epistemológica Health Promotion And Education: An Epistemological Analysis Promoción Y Educación En Salud: Un Análisis Epistemológico Inea Giovana Silva-Arioli, Daniela Ribeiro Schneider, Tatiane Muniz Barbosa & Marco Aurélio Da Ros Artigo Universidade Federal de Santa Catarina PSICOLOGIA: CIÊNCIA E PROFISSÃO, 2013, 33 (3), 672 - 687 PSICOLOGIA: CIÊNCIA E PROFISSÃO, 2013, 33 (3), 672 - 687 673 Inea Giovana Silva-Arioli, Daniela Ribeiro Schneider, Tatiane Muniz Barbosa & Marco Aurélio Da Ros Resumo: Este artigo tem como objetivo contextualizar epistemologicamente os conceitos de promoção e de educação em saúde, buscando refletir sobre os estilos de pensamento que permeiam as concepções e as práticas nessa área.
Para isso, busca-se delimitar as formas de perceber o campo da saúde, como construção coletiva de saberes e de práticas determinada historicamente dentro do contexto brasileiro, explicitando as macrotendências em saúde.
Evidencia-se a articulação e o encadeamento de concepções, ideologias e a proposição de ações nos vários níveis do fazer saúde.
Discute-se como as práticas hegemônicas influenciam nas dificuldades de efeti...





Related documents