Prática baseada em evidências em psicologia e idosos: conceitos, estudos e perspectivas Report as inadecuate




Prática baseada em evidências em psicologia e idosos: conceitos, estudos e perspectivas - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Carla Witter ;Psicologia Ciência e Profissão 2017, 37 1

Author: Thiago Vinicius Monteleone

Source: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=282050111005


Teaser



Psicologia Ciência e Profissão ISSN: 1414-9893 revista@pol.org.br Conselho Federal de Psicologia Brasil Monteleone, Thiago Vinicius; Witter, Carla Prática Baseada em Evidências em Psicologia e Idosos: Conceitos, Estudos e Perspectivas Psicologia Ciência e Profissão, vol.
37, núm.
1, 2017, pp.
48-61 Conselho Federal de Psicologia Brasília, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=282050111005 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Psicologia: Ciência e Profissão Jan-Mar.
2017 v.
37 n°1, 48-61. https:--doi.org-10.1590-1982-3703003962015 Prática Baseada em Evidências em Psicologia e Idosos: Conceitos, Estudos e Perspectivas Thiago Vinicius Monteleone Universidade São Judas Tadeu, SP, Brasil. Carla Witter Universidade São Judas Tadeu, SP, Brasil. Resumo: O presente artigo teve por objetivo apresentar o desenvolvimento histórico do movimento da Prática Baseada em Evidências em Psicologia, bem como a integração deste modelo à atuação psicoterápica junto à população idosa.
O conceito de prática baseada em evidências é um dos temas que tem sido amplamente discutido na literatura internacional da Psicologia.
Nestas discussões, com poucas exceções, compreende-se que a relevância da prática psicoterápica depende intimamente de evidências que indiquem o resultado de suas intervenções.
Com a população idosa não deveria ser diferente, contudo, apesar do aumento da procura por serviços clínicos por parte desta faixa-etária, o processo psicoterápico com idosos ainda é pouco discutido pelos profissionais da Psicologia, o que tem produzido incertezas e pouca confiabilidade nas intervenções realizadas.
Deste modo, o artigo apresenta o desenvolvimento histórico do co...





Related documents