Prevalência e fatores associados ao uso de álcool em adolescentes grávidas Report as inadecuate




Prevalência e fatores associados ao uso de álcool em adolescentes grávidas - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Claudete Ferreira de Souza Monteiro ;Revista Latino-Americana de Enfermagem 2013, 21 1

Author: Lorena Uchôa Portela Veloso

Source: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=281425765020


Teaser



Revista Latino-Americana de Enfermagem ISSN: 0104-1169 rlae@eerp.usp.br Universidade de São Paulo Brasil Uchôa Portela Veloso, Lorena; Ferreira de Souza Monteiro, Claudete Prevalência e fatores associados ao uso de álcool em adolescentes grávidas Revista Latino-Americana de Enfermagem, vol.
21, núm.
1, enero-febrero, 2013, pp.
1-9 Universidade de São Paulo São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=281425765020 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Rev.
Latino-Am.
Enfermagem Artigo Original 21(1):[09 telas] jan.-fev.
2013 www.eerp.usp.br-rlae Prevalência e fatores associados ao uso de álcool em adolescentes grávidas1 Lorena Uchôa Portela Veloso2 Claudete Ferreira de Souza Monteiro3 Objetivo: identificar o uso de álcool e os fatores associados em adolescentes grávidas do município de Teresina, PI.
Método: trata-se de estudo transversal com 256 adolescentes grávidas, cujos dados obtidos foram por meio de formulários com questões referentes às variáveis socioeconômicas, gestacionais e características do consumo de álcool e aplicação do Alcohol Use Desorders Identification Test, instrumento desenvolvido pela Organização Mundial de Saúde, para rastreio do uso excessivo de álcool.
Realizou-se análise estatística descritiva, teste qui-quadrado e Odds Ratio.
Resultados: o estudo aponta prevalência de 32,4% para o uso de álcool na gestação em adolescentes.
Dessas, 36,1% possuíam escore compatível com uso de risco.
Os fatores associados ao maior risco de uso de álcool na gestação são: não possuir companheiro, renda inferior a 1 salário-mínimo, não ter religião, realizar até 3 consultas de pré-natal, ter sofrido violência e uso de álcool em gest...





Related documents