Violência contra a mulher: uma pesquisa empírica sobre regras descritivas comuns na sociedade ocidental Report as inadecuate




Violência contra a mulher: uma pesquisa empírica sobre regras descritivas comuns na sociedade ocidental - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Nazaré Costa ;Acta Comportamentalia: Revista Latina de Análisis de Comportamiento 2014, 22 1

Author: Holga Cristina da Rocha Gomes

Source: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=274530012007


Teaser



Acta Comportamentalia: Revista Latina de Análisis de Comportamiento ISSN: 0188-8145 eribes@uv.mx Universidad Veracruzana México da Rocha Gomes, Holga Cristina; Costa, Nazaré Violência contra a mulher: uma pesquisa empírica sobre regras descritivas comuns na sociedade ocidental Acta Comportamentalia: Revista Latina de Análisis de Comportamiento, vol.
22, núm.
1, 2014, pp.
89100 Universidad Veracruzana Veracruz, México Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=274530012007 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto acta comportamentalia Vol.
22, Núm.
1 pp.
89-100 Violência contra a mulher: uma pesquisa empírica sobre regras descritivas comuns na sociedade ocidental (Violence against women: an empirical research about descriptive rules common in Western society) Holga Cristina da Rocha Gomes & Nazaré Costa1 Universidade Federal do Maranhão (Brasil) Resumo Este trabalho objetivou verificar a concordância dos participantes com regras descritivas comuns na sociedade ocidental que se relacionam à violência contra a mulher a partir de questionários aplicados a 252 estudantes universitários e indivíduos não universitários de ambos os sexos.
O questionário (ad hoc) continha 25 diferentes sentenças afirmativas contendo regras descritivas sobre violência contra a mulher, comuns na comunidade verbal ocidental.
O mesmo deveria ser respondido em uma escala (discordo totalmente, concordo em parte e concordo totalmente).
Além disso, o participante deveria indicar se conhecia alguém que concordava com a afirmativa e, caso quisesse, poderia fazer algum comentário.
Para a análise dos dados foram utilizados os testes t de Student e r de Pearson.
Verificou-se que os homens não universitários apresenta...





Related documents